Travessia Alto Palácio-Serra dos Alves, no Parque Nacional da Serra dos Cipó, vai durar dois dias

O Parque Nacional da Serra do Cipó, em Minas Gerais, promove nesta semana a travessia Alto Palácio-Serra dos Alves. O evento faz parte do projeto “10 picos, 10 travessias”, uma das atividades idealizadas para marcar o aniversário de 10 anos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A caminhada terá início às 9h da sexta-feira, 14 de julho, com chegada prevista para as 14h do domingo, 16 de julho. São 40 quilômetros de trilhas em campos rupestres, ligando os municípios de Morro do Pilar e Itabira.

Na véspera, quinta-feira, 13 de julho, aconteceu debate sobre uso público em unidades de conservação (UCs) e, em seguida, inauguração do serviço de agendamento eletrônico de visitas ao parque. O serviço é resultado de parceria entre o ICMBio e a empresa que administra o ecobooking, site de gestão de turismo.

Por meio do site, o turista poderá marcar o período de sua visita ao parque, definir roteiro e atrativos que deseja conhecer e, inclusive, emitir o voucher que garante o seu ingresso na unidade. “Esse serviço vai facilitar muito a vida das pessoas e será um estímulo a mais à visitação”, disse o chefe da unidade, Flávio Cerezo. Saiba mais aqui.

A travessia terá início às 9h, na base Alto Palácio, em Morro do Pilar, e vai reunir apoiadores do parque e parceiros das travessias de longo percurso em áreas naturais, condutores de visitantes, representantes do trade turístico e dirigentes de órgãos das três esferas de governo (municipal, estadual e federal) envolvidos com turismo em UCs.

Para quem dispõe de apenas um dia, haverá a opção do circuito Alto Palácio até o Travessão, um atrativo de rara beleza, que separa as bacias hidrográficas do rio São Francisco e do rio Doce, com direito a banho em águas cristalinas, após oito quilômetros de caminhada.

O circuito até Serra dos Alves terá a presença do coordenador Geral de Uso Público e Negócios do ICMBio, Pedro Menezes, e do chefe do Parque Nacional da Serra do Cipó, Flávio Cerezo, além de voluntários que contribuem para a implementação do projeto da travessia na unidade.

*Com informações do ICMBio.

LEIA MAIS

Comentários