Secretaria de Estado de Turismo lança campanha para apresentar o Carnaval em Minas Gerais

Com o slogan “#vivaocarnavalMG”, a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG) lançou na quarta-feira, 15 de fevereiro, a campanha de Carnaval 2017. Com o objetivo de apresentar os festejos para os foliões, a internet será palco para atrair visitantes de todas as idades para as mais diversas opções de lazer.

Focando nas redes sociais, a iniciativa da Setur pretende alcançar mineiros e os turistas de outros estados e países. Além disso, a ideia é divulgar o Carnaval mineiro para que ele se torne cada vez mais conhecido e reconhecido, gerando interesse no público e, consequentemente, aumentar consideravelmente o número de visitantes.

Blocos de rua, bonecos caricatos, festas tradicionais, trio elétrico, folclore e muita animação fazem parte dessa diversidade de estilos que está sendo preparada, em vários municípios mineiros, para receber os turistas que devem aproveitar a folga durante o maior feriado do calendário brasileiro e curtir em ritmo de alegria.

A expectativa da Setur é positiva para este ano. O festejo aquece a economia e gira toda a cadeia produtiva do turismo. “Quem nos visita, além de se divertir com as brincadeiras típicas, conhece um pouco mais da história e da cultura do nosso estado. Dessa forma, estamos otimistas para que os municípios mineiros possam cumprir a programação carnavalesca e receber os turistas com a hospitalidade peculiar dos mineiros”, afirma o secretário de Estado de Turismo, Ricardo Faria.

Com o famoso jeitinho mineiro, o Carnaval acontece em todos os cantos do estado. O turista pode escolher o tipo de festa, desde os blocos familiares e infantis até os trios elétricos, para aproveitar a folia com muita variedade. Vale ressaltar que a maioria das programações inclui diversão para a criançada.

Belo Horizonte abrirá, mais uma vez, as portas para os blocos caricatos e o desfile das escolas de samba. Além disso, a eleição da Corte Momesca, os blocos de rua e os palcos especiais vão animar a folia especialmente preparada pela Belotur. Os eventos começaram no dia 11 de fevereiro e prosseguem até 1º de março.

Cidades históricas

Girando pelas cidades históricas, as tradicionais festas em Ouro Preto, Mariana, Sabará, Tiradentes e São João del-Rei prometem atrair foliões de todos os cantos do mundo com uma programação extensa e gratuita.

Além dos ritmos do momento, há manifestações culturais embutidas nas manifestações de rua. Os blocos tradicionais e as bandas locais se organizam para colorir a festa. Além disso, as marchinhas e os bonecos caricatos também abrilhantam o evento.

Em Bonfim, o Carnaval a Cavalo, festa tradicional no município, acontecerá entre os dias 26 e 28 de fevereiro. O desfile atrai visitantes de todo o estado, que se deslocam para a cidade em busca de um grande espetáculo.

Do folclore às micaretas, as cidades de Abaeté, Diamantina e Pompéu atraem os amantes da música atual, com abadás e shows sem hora de acabar.  Itabirito também aposta nos trios, mas não abre mão de uma programação de blocos de chão e promete até agradar, de um jeito inusitado, os fãs de rock.

Independentemente do estilo, conhecer Minas Gerais e aproveitar o Carnaval mineiro é garantia de muita diversão. “Ressalto nosso convite para que os turistas venham se divertir e acompanhar nossa extensa programação. Nosso estado está preparado para receber os visitantes que desejam curtir o Carnaval em ritmo de folia, para apreciar nossa cultura, natureza e também para aproveitar o feriado descansando”, reforça Ricardo Faria.

Para mais informações: https://www.facebook.com/VisiteMinasGerais/

Carnaval movimenta economia

Conforme informações da pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Minas Gerais acaba de ser listada entre os três estados brasileiros que mais movimentam a economia por meio do turismo durante o Carnaval.

As movimentações em Minas Gerais, que ocupa o terceiro lugar no ranking, atrás apenas do Rio de Janeiro e São Paulo, chegam a R$ 332,7 milhões. Girando toda a cadeia do turismo, o Carnaval gera receita em diversos setores, com destaque para o transporte, hotéis e alimentação. Além disso, o momento gera emprego e renda junto às esferas envolvidas.

Confira algumas programações:

 *Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários