Santa Bárbara realiza 1ª Reunião de Governança do Turismo do Entre Serras

O evento tem como objetivo primordial discutir e promover as boas práticas de governança junto aos Municípios turísticos

Na quarta-feira, 29 de janeiro, o auditório da Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara (Acisb/CDL), em Santa Bárbara, Minas Gerais, foi sede da 1ª Reunião de Governança do Turismo do Entre Serras. O evento, que elaborou o Plano de Trabalho, é uma realização da Prefeitura de Santa Bárbara, em parceria com o Sebrae, que teve como finalidade promover o desenvolvimento econômico e turístico da região.

Projeto

A programação iniciou com a palestra do consultor de diagnóstico do Sebrae, Marcelo Alcantra Prates, que irá desenvolver um trabalho que consiste em um mapeamento da oferta turística local para fins de comercialização do produto turístico Entre Serras. Já o consultor do Sebrae, André Martines, tem como objetivo de atuação identificar os atores da cadeia produtiva do turismo e formar um grupo de governança local para orientar o planejamento turístico no território do Entre Serras.

Investimento

Para o projeto de Governança do Turismo do Entre Serras, foi disponibilizado o valor de R$ 339.050,00, sendo concedido pela Prefeitura de Santa Bárbara R$ 98.050,00, de contrapartida, e R$ 241.000,00 pelo Sebrae.

Vale salientar que o projeto vem se desenvolvendo desde novembro de 2019, com o Seminário de Governança e Desenvolvimento do Turismo Entre Serras e a Missão Técnica, como parte das atividades constantes no projeto. Nesse encontro foram apresentadas duas atividades de diagnóstico de governança no território do Entre Serras (Santa Bárbara, Barão de Cocais, Catas Altas e Caeté).

Participação

O evento reuniu cerca de cinquenta representantes das quatros cidades do Entre Serras, dentre eles, os secretários municipais da pasta de turismo das cidades de Santa Bárbara, Barão de Cocais e Catas Altas; o Diretor-Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Caeté; o presidente da Acisb/CDL; e os representantes do Sebrae, além de representantes de diversas empresas do setor de segmentos da cadeia produtiva do turismo tais como, produtores rurais do setor de hoteleiro, bares, restaurantes, entidades e artesanatos.

Essa discussão está alinhada ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU de número 8, que trata de Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Santa Bárbara.

LEIA MAIS

Comentários