Itabira pode ter portal de acesso para o Parque Serra do Cipó

A zona rural de Itabira reúne um grande número de atrativos naturais que favorecem o ecoturismo. São cachoeiras e trilhas que encantam os visitantes, sem contar à biodiversidade que existe na região. Esse ecossistema, agora, pode ter a sua visitação facilitada com a criação de um portal de acesso ao Parque Nacional da Serra do Cipó no povoado da Serra dos Alves.

Porém, a abertura desse portal ainda depende da aprovação de um projeto de ampliação do Parque Serra do Cipó. O tema será discutido no dia 2 de setembro durante o encontro do conselho da Área de Proteção Ambiental (APA) Morro da Pedreira e do conselho consultivo do parque. O encontro está previsto para acontecer das 9h às 17h no auditório da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Itabira.

Além disso, para que seja criado o acesso pela Serra dos Alves é necessária à incorporação de áreas de compensação ambiental pertencentes à Vale, que possuí 1,6 mil hectares de terra no alto do rio Tanque. A ideia é de que a mineradora ceda essas áreas como medida compensatória e, com isso, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, que administra o Parque Serra do Cipó, possa abrir o portal.

Essa compensação ambiental, inclusive, já está prevista na Licença de Operação Corretiva (LOC) da Vale, que é um acordo com a Prefeitura de Itabira firmado em 2000. Dessa forma, para que o município passe a ter um portal de acesso ao parque basta que a mineradora cumpra os termos acordados na LOC.

Turismo
O povoado da Serra dos Alves, assim como as comunidades no seu entorno, será beneficiado com a instalação desse portal, pois é esperado o aumento do fluxo de turistas na região. Assim, os visitantes vão conseguir chegar mais facilmente ao lado itabirano do parque e explorar os atrativos ecológicos da localidade.

O parque é bastante conhecido pelo seu potencial para o turismo ecológico especializado em travessias. Com a criação desse novo acesso, os visitantes terão uma opção melhor para acessar a travessia de aproximadamente 60 km que existe na região.

Outras discussões
A pauta da reunião também irá incluir o lançamento do projeto piloto de travessia do Parque Serra do Cipó; retorno do Plano de Manejo da APA do Morro da Pedreira nas comunidades; revisão dos planos diretores de Jaboticatubas e Santana do Riacho; e os informes do projeto Escola no Parque.

Comentários