Campanha de vacinação em Itabira ganha reforço importante

Entre os dias 6 e 31 de agosto acontece a Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Em Itabira, a imunização será feita em todas as unidades de saúde que possuem sala de vacina, das 8h às 16h. No dia 18 de agosto, acontecerá ainda o dia D da campanha, quando todas as unidades estarão abertas das 8h às 17h. Mas, ao longo de todo o mês de agosto, durante os sábados, os Rotarys Clubes da cidade (Itabira, Itabira-Cauê, Estrada-Real), o Rotaract Club Itabira-Cauê e o Interact Club Itabira-Cauê vão se mobilizar em caminhadas de conscientização.

Esse é um reforço importante, já que público-alvo da campanha são crianças entre um e cinco anos de idade. Essa ação pretender mostrar também que para os pais ou responsáveis que a tanto a poliomielite quanto o sarampo são doenças que, por vezes, podem ser fatais e que ainda ameaçam crianças em algumas partes do mundo.

SOBRE A POLIOMELITE

O vírus da pólio, por exemplo, invade o sistema nervoso e pode causar paralisia em questão de horas em qualquer pessoa, mas principalmente em menores de cinco anos. Apesar de não haver cura para a doença, ela pode ser evitada por meio da vacinação. Desde 1985, quando foi lançada a primeira campanha de imunização em massa da poliomelite, o número de casos da doença caiu drasticamente. O Rotary contribuiu financeiramente e com inúmeras horas de trabalho voluntário na imunização de mais de 2,5 bilhões de crianças em 122 países.

Não há novos casos de poliomielite no Brasil. No entanto, os casos da doença aumentaram em outros países, como alertou a Organização Mundial da Saúde. Em 2016, foram confirmados 37 casos de pólio no mundo. O Ministério da Saúde informou que 312 municípios brasileiros estão com baixa cobertura para a vacina contra a poliomelite. A recomendação internacional para o controle da doença é de que pelo menos 95% das crianças sejam vacinadas. Atualmente, a média nacional de cobertura é de 77%.

Mais de um milhão de rotarianos, rotaractianos, e interactianos doam tempo e recursos pessoais para ajudar a eliminar a pólio. Todo ano, centenas de associados trabalham com agentes da saúde para vacinar crianças em países afetados pela doença. Eles também colaboram com os demais parceiros da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio na organização e disseminação de comunicados em massa para aqueles isolados em decorrência de conflitos, situação geográfica ou pobreza. Além disso, recrutam voluntários, ajudam a transportar vacinas e fornecem o apoio logístico necessário.

SOBRE O SARAMPO

Apesar de todo o cuidado para manter a poliomelite como uma doença controlada no Brail, a campanha desse ano está focada na prevenção do sarampo, já que a doença voltou circular em território nacional. Roraima e Amazonas são os estados mais atingidos pelo no surto de sarampo. O Brasil tem 822 casos confirmados de sarampo em 2018.

O governo convocou a campanha para aumentar a cobertura vacinal e impedir a disseminação do sarampo. Justamente por isso, a vacinação será feita indiscriminadamente dentro da faixa etária prioritária. Ou seja: mesmo as crianças que já receberam as duas doses poderão tomar uma terceira para assegurar sua proteção.É importante lembrar que a vacina é a única forma de se prevenir contra o sarampo e que, apesar desa força-tarefa, o Ministério da Saúde disponibiliza duas doses do imunizante para todos até 29 anos de idade e uma dose única para aqueles entre 30 e 49 anos. Por isso, quem nunca tomou a vacina, pode aproveitar a campanha e atualizar o cartão de vacinação.

SOBRE A CAMPANHA 2018

O país erradicou a poliomielite do território em 1994. O certificado de eliminação do sarampo foi alcançado, recentemente, em 2016. Segundo divulgado pelo Ministério da Saúde, durante os dias de campanha, as crianças que nunca foram vacinadas contra a pólio receberão a Vacina Inativada Poliomielite. As que já foram imunizadas receberão a Vacina Oral Poliomielite, a famosa “gotinha”. Para o sarampo, todas as crianças receberão uma dose da Tríplice Viral (que também protege contra caxumba e rubéola), seja qual for a situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.
Em Itabira, a campanha será realizada pela Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Em todo o Brasil, a apresentadora Xuxa, encabeça as campanha publicitárias, convocando para participar da vacinação!
Comentários