Circuito do Sabor 2017 terá carne bovina como ingrediente obrigatório

Chegando à sua 12ª edição, o Circuito do Sabor foi lançado oficialmente na terça-feira, 04 de abril, em evento realizado na Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita), organizadora do festival gastronômico. Todo ano a expectativa fica por conta do ingrediente obrigatório a ser utilizado nos pratos concorrentes. Em 2017, a carne bovina aparece como o grande destaque.

O frigorífico itabirano Gran Filé é o patrocinador máster do Circuito do Sabor 2017, que acontece entre 01 e 31 de julho. Dessa forma, a linha Speciale da empresa – que conta com 13 tipos de cortes de carne bovina – deve aparecer em todos os pratos inscritos na disputa. De acordo com Guida Guedes, diretora da Acita, a variedade de produtos oferecida permite a criação de receitas criativas que atendam a todos os gostos.

07
Guida Guedes apresentou as novidades para a edição 2017 do Circuito do Sabor.

A escolha da carne bovina como ingrediente obrigatório acontece em um momento em que a qualidade do produto nacional enfrenta dúvidas após investigações da Polícia Federal (PF) apontar irregularidades no fornecimento do alimento por parte de algumas empresas. Apesar disso, o chef de cozinha Ronaldo Madeira, que tem experiência internacional e foi convidado para falar sobre o preparo de pratos com carne bovina, atestou que o Brasil possui produtos de grande qualidade.

“Trabalho em uma rede que serve vários tipos de carnes tanto no almoço quanto no jantar. Lá, 90% das carnes com as quais trabalhamos são brasileiras, somente o cordeiro que vem da Austrália. A qualidade da carne brasileira é excelente”, afirma Ronaldo Madeira.

12
Ronaldo Madeira aprovou a escolha da carne bovina como ingrediente obrigatório e atestou a qualidade dos produtos brasileiros.

Novidades

A carne bovina como ingrediente obrigatório não é a única novidade do Circuito do Sabor. A Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi), que é parceira do evento, vai disponibilizar um aplicativo para ser utilizado na votação popular. O sistema permite que os “clientes degustadores” deem suas notas de maneira rápida e segura. Para utilizar o app é necessário cadastrar o CPF, o que impede possíveis fraudes na hora de avaliar os pratos concorrentes.

Além disso, o Circuito do Sabor conta com o apoio do centro de ensino Unicesumar. Ronaldo Madeira é professor da instituição e levou um grupo de alunos para auxiliá-lo na preparação do menu degustação, que foi servido ao final do lançamento da edição 2017 do evento.

04
A equipe que acompanhou o chef Ronaldo Madeira na preparação do menu degustação servido no lançamento do Circuito do Sabor 2017.

Desenvolvimento econômico

Na abertura do evento, o presidente da Acita, Eugênio Muller, destacou a indústria criativa como um importante mecanismo para o desenvolvimento econômico de Itabira. Para ele, a cidade tende a crescer quando os empreendedores oferecem um olhar diferente sobre as oportunidades de negócio, como acontece com o Circuito do Sabor.

“O Circuito do Sabor é a reunião do talento de vocês, empreendedores de Itabira, que fazem acontecer não só essa 12ª edição, mas todas as outras que tivemos. É importante celebrar esses acontecimentos”, destacou Eugênio Muller.

A Acita tem dedicado suas atenções à indústria criativa. Recentemente, a entidade promoveu o 1º Seminário WIN – Indústria Criativa, que lançou um olhar sobre o setor e desenvolveu uma série de debates sobre como o segmento pode contribuir para a diversificação econômica de Itabira, por meio de oportunidades e geração de negócios.

05
Eugênio Muller, presidente da Acita, destacou a importância do empreendedorismo e da industria criativa na diversificação econômica de Itabira.

História

Criado em 2005, o Circuito do Sabor tem o objetivo de ser um instrumento de promoção e estímulo ao setor de gastronomia da cidade. Para isso, incentiva a criação de pratos típicos da culinária local. Com o festival, a Acita pretende, também, contribuir com a diversificação econômica de Itabira fomentando a indústria criativa.

Durante a disputa gastronômica, os pratos competidores são avaliados por uma comissão técnica, formada por profissionais do setor, uma comissão de convidados e pela votação popular. Em cada edição, os itens a serem julgados são: prato, atendimento, temperatura da bebida e higiene.

Em 2017, 20 estabelecimentos podem participar do Circuito do Sabor. De acordo com a assessoria de comunicação da Acita, somente no evento de lançamento do festival mais de 50% das vagas foram preenchidas.

Confira a galeria de fotos do lançamento do Circuito do Sabor 2017:

LEIA MAIS

Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.