Valério se despede da Segundona com empate diante do Betinense

A manhã do domingo, 27 de novembro, marcou a última rodada do Hexagonal Final da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro. Às 10h, os seis times que disputavam a competição entraram em campo para definir a edição 2016 da competição. O Valério recebeu no Estádio Israel Pinheiro o vice-líder Betinense, que conseguiu um empate por 1 a 1 e confirmou o acesso para o Módulo II.

Com o empate, o Dragão termina o Hexagonal Final na quinta posição – a vice-lanterna – com um aproveitamento de apenas 30%. Em dez jogos foram duas vitórias, dois empates e seis derrotas, somando apenas nove pontos. Um retrospecto bastante inferior se comparado com a fase de grupos, quando somou 21 pontos e alcançou um aproveitamento de 88% (sete vitórias e uma derrota em oito partidas).

Assim como vem acontecendo nos anos anteriores, o Valério anima a sua torcida com um bom desempenho na primeira fase da Segundona, mas, ao alcançar o Hexagonal Final, o time cai de rendimento e não alcança o acesso para o Módulo II. Um histórico que reflete a necessidade de um planejamento efetivo que contribua para que a equipe itabirana conquiste melhores resultados e possa almejar voos mais altos no futebol mineiro.

O resultado da partida do final de semana acabou favorecendo as pretensões do Betinense, que, mesmo com o empate, conquistou a segunda vaga para o Módulo II. A equipe da região metropolitana chegou aos 18 pontos, com um aproveitamento de 60%, e termina a competição na segunda posição – em dez jogos foram cinco vitórias, três empates e somente uma derrota.

O Betinense, ao entrar em campo no domingo, ainda sonhava com o título da Segundona, mas dependia de uma combinação de resultados. E ela quase aconteceu: se tivesse vencido o Valério acabaria erguendo a taça, pois o líder da competição, Tupynambás, ficou no empate contra o Coimbra. Apesar de não ter chegado ao título, o Betinense encerra a sua participação na competição com um excelente resultado.

Complemento da rodada

 Jogando no Estádio Joaquim Henrique Nogueira, a “Arena do Jacaré”, o líder Tupynambás confirmou a sua boa fase e se sagrou campeão da Segundona. Uma vitória simples garantiria o título, mas o Coimbra, mandante da partida, não facilitou a vida do time de Juiz de Fora. Porém, o empate em 1 a 1 foi o suficiente para que o Tupynambás levantasse a taça e conquistasse o acesso para o Módulo II.

A Patrocinense chegou na última rodada ainda sonhando com a classificação para a próxima divisão, mas dependia de uma difícil combinação de resultados: vencer o Jacutinga, torcer por uma derrota do Betinense e ainda retirar a diferença no saldo de gols. A partida foi no Estádio Municipal Júlio Aguiar, em Patrocínio, e terminou com goleada do time da casa: 4 a 0. Porém, o Betinense conseguiu segurar o empate com o Valério e frustrou as pretensões da Patrocinense.

Confira a classificação do Hexagonal Final da Segunda Divisão do Campeonato Mineiro:

01

LEIA MAIS

Comentários