Valério perde e cai para penúltimo na Terceirona

O Dragão tentou, mas volta do Triângulo Mineiro com uma derrota na bagagem. Ewerton, meio campista do Uberaba, fez o único gol da partida já no segundo tempo, quando o Dragão vinha melhor e dominava o jogo. O resultado jogou o time itabirano para a penúltima posição do Hexagonal Final da Terceira Divisão do Campeonato Mineiro.

O Valério, em quinto, soma quatro pontos na competição, quatro a menos que o líder Nacional de Uberaba, que possui oito. O Uberaba, com a vitória do final de semana, chegou a sete e está na segunda colocação, superando o Formiga, terceiro colocado, no saldo de gols: 2 contra 1. O Figueirense, em sexto, tem seis pontos somados. O Novo Esporte é o lanterna do Hexagonal Final com apenas um ponto.

No próximo domingo, 18 de outubro, o Dragão volta a campo para buscar a recuperação na Terceirona. Jogando no Estádio Israel Pinheiro, o time de Itabira vai encarar o líder Nacional. Uma vitória pode aproximar o Valério das primeiras posições na tabela e recolocá-lo na disputa pela classificação para o Módulo II do Campeonato Mineiro.

A partida
O Dragão até ensaiou uma pressão inicial, que durou somente três minutos. Depois disso o Uberaba passou a dominar a partida. Durante todo o primeiro tempo o que se viu foi a equipe do Triângulo Mineiro controlando o jogo enquanto os itabiranos buscavam o contra-ataque, mas sem conseguir criar uma chance clara de gol.

A primeira finalização da partida aconteceu logo no primeiro minuto com Júnior Lemos, atacante do Dragão, que acabou isolando a bola. Aos 23 minutos, após cobrança de falta do Uberaba, Rudmar tentou de cabeça sem sucesso. Pouco depois, aos 33 minutos, Elcarlos, sozinho na área, perdeu grande chance também de cabeça.

No final do primeiro tempo o Uberaba desperdiçou a melhor oportunidade para abrir o placar. Elcarlos disputou a bola com o goleiro Jordan e caiu. O árbitro assinalou o pênalti. O zagueiro Pedrão partiu para a cobrança, mas parou nas mãos do arqueiro do Dragão. Aos 47, Jordan fez outra boa defesa e segurou o placar no 0 a 0.

Etapa complementar
O Valério voltou melhor para o segundo tempo e o panorama do jogo mudou. Nos 10 minutos iniciais, a equipe de Itabira já tinha criado oportunidades com Jouberth, duas vezes, e com Marquinhos. O Uberaba se viu sufocado e teve que recuar para segurar a pressão dos visitantes.

Aos 15 minutos, foi à vez de Faísca arriscar um potente chute que levou perigo ao gol adversário. Só aos 16 minutos o Uberaba conseguiu ameaçar depois de finalização do atacante Rudmar. A partida seguia movimentada e, aos 18 minutos, Bruno Henrique caiu na área e pediu pênalti. O árbitro entendeu que o lance foi normal.

Porém, existe um velho ditado: “quem não faz, leva”. O Dragão vinha melhor na partida e criando chances de gol. Mas foi o Uberaba quem inaugurou o marcador. Aos 23, Júnior Lemos perdeu a bola para Américo, que lançou para Rudmar. O atacante tocou para Ewerton que, na cara do goleiro Jordan, só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes: Uberaba 1 a 0.

Mesmo atrás no placar, o Valério seguiu pressionando. Aos 30, Faísca cobrou escanteio para Marquinhos cabecear. O goleiro Giulliano fez boa defesa e impediu o empate. Incansável, o Dragão seguiu melhor na partida. O último lance de perigo aconteceu aos 48 em boa chegada de Faísca. Porém, a equipe itabirana não conseguiu marcar e a partida terminou em 1 a 0 para o Uberaba.

Complemento
Na sexta-feira, 9 de outubro, o Nacional de Uberaba superou o Formiga no duelo que valia a liderança do Hexagonal Final. Jogando em casa, no Estádio Municipal João Guido “Uberabão”, o Nacional venceu por 2 a 0 e se isolou na primeira colocação. Com os resultados do final de semana, o Formiga caiu para a terceira colocação.

No sábado, o Figueirense superou o Novo Esporte por 3 a 0 no Estádio Ely de Araújo, em São João Del Rei. Assim, o Figueirense aparece em quinto, enquanto os ipatinguenses seguem sem conseguir uma vitória na fase final da competição.

FICHA TÉCNICA
Uberaba
Giulliano; Wellington, Pedrão, André e Henrique (Juninho); Balduíno, Pixote, Ewerton (Carrara) e Weslley; Rudmar e Elcarlos (Américo)
Técnico: Zé Humberto Codorna

Valério
Jordan; Marcelinho (Mauricinho), Ulisses, Felipe Gregory e Hyago (Williams); João Vitor, Marquinhos, Júnior Lemos (Danilo) e Jouberth; Bruno Henrique e Faísca
Técnico: Éder Bastos

Cartões amarelos: Wellington, André, Weslley, Ewerton, Giulliano e Américo (Uberaba); e Marcelinho, Hyago e Jouberth (Valério)

Árbitro: Antônio Márcio Teixeira da Silva
Auxiliares: Breno Rodrigues e Magno Arantes Lira

CONFIRA OS GOLS DA PARTIDA:

Comentários