Roberto Gaúcho e Marcelo Ramos podem comandar o Valério na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro

Em 2017, o Valério abriu mão de disputar o Campeonato Mineiro devido aos problemas financeiros que afligem a equipe itabirana. Porém, neste ano, a situação será diferente. O Dragão anunciou nesta semana o reforço de dois ídolos do Cruzeiro para a disputa da Segunda Divisão da competição estadual: Roberto Gaúcho, que assume como técnico, e Marcelo Ramos, que ocupará o cargo de auxiliar técnico.

Segundo com Luiz Antônio de Oliveira “Precata”, o acordo foi fechado verbalmente e, agora, o Valério busca parcerias para viabilizar a sua participação na Segundona, que acontece a partir de julho. Para a disputa, o time itabirano pretende contratar entre 25 e 27 atletas.

A necessidade de firmar essas parcerias acontece devido à situação financeira do clube. Sem apoio financeiro da Vale – que manteve o time durante décadas – e sem a contribuição do empresariado local, o Dragão acumula dívidas na ordem de R$ 8 milhões. Dessa forma, a equipe, que tem 75 anos, vem convivendo com dificuldades para manter sua atividade no futebol profissional.

De acordo com o regulamento da Federação Mineira de Futebol (FMF), podem ser inscritos na Segunda Divisão do Campeonato Mineiro atletas de até 23 anos (apenas cinco nomes podem ultrapassar essa faixa etária). Para cumprir essa norma, o Dragão deve buscar parcerias com outros times do futebol mineiro, a exemplo do Cruzeiro, América e Ipatinga.

LEIA MAIS

Comentários