Atletas itabiranos disputam neste final de semana a Copa do Brasil de Taekwondo

Depois de quatro anos afastada dos campeonatos promovidos pela Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTK), a Federação Mineira de Taekwondo está de volta a uma competição nacional. E a equipe conta com a participação de três atletas itabiranos: Igor Figueiredo Reis, João Pedro de Paula e Samuel Dreyfus, que irão competir na Copa do Brasil, em João Pessoa, na Paraíba, entre os dias 12 e 13 de dezembro.

A capital paraibana recebe no mesmo final de semana a Seletiva Olímpica Aberta, que acontece na sexta-feira, 11 de dezembro. Essas são as duas últimas competições nacionais realizadas pela CBTK em 2015. As disputas acontecem no ginásio Ronaldão e vão reunir atletas de todo o país que terão as últimas chances de tentar uma vaga nos Jogos Olímpicos de 2016 ou de conquistar pontos neste ano para o Sistema Nacional de Ranking.

A Copa do Brasil é a segunda competição que mais garante pontos para o ranking nacional: 15 no total. Em nível de importância fica atrás apenas do Campeonato Brasileiro. A expectativa é de que neste ano 500 atletas participem das disputas. João Pedro de Paula participa da categoria Júnior Masculino até 68kg; Igor Figueiredo, por sua vez, compete na Júnior Masculino até 73kg; enquanto Samuel Dreyfus luta pela sub-21 Masculino até 63kg.

Já a Seletiva Olímpica Aberta é o início do processo que irá definir os representantes do taekwondo brasileiro nos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro no ano que vem. Serão disputadas lutas nas categorias Feminino até 49kg e até 57kg e Masculino até 58kg e até 80kg. Essas categorias foram escolhidas pela CBTK para serem preenchidas com as vagas de direito do país sede dos jogos – serão duas no Feminino e duas no Masculino. Os vencedores dessa etapa vão participar das demais seletivas que acontecem em 2016.

Afastamento
Devido a uma disputa judicial, a Federação Mineira de Taekwondo ficou afastada de todas as competições organizadas pela CBTK. O “imbróglio” aconteceu por causa de divergências relacionadas à questões organizacionais da confederação brasileira. A confusão só chegou ao fim em agosto deste ano, quando a justiça deu ganho de causa à entidade mineira e determinou a sua reintegração.

Taekwondo_Copa_Brasil_01

Comentários