Após cinco dias, modalidades coletivas dos Jogos de Minas Gerais chegam ao fim

A cidade de Lavras, no Sul de Minas, sediou de 07 a 11 de setembro a etapa estadual das modalidades coletivas dos Jogos de Minas Gerais. Ao todo, 48 cidades participaram das competições que contaram com 1.350 atletas divididos em equipes de basquete, futsal, handebol e voleibol.

No handebol, a hegemonia da 1ª divisão ficou por conta da cidade de Juiz de Fora, que conquistou a medalha de ouro nos naipes feminino e masculino. Entre as mulheres, a cidade bateu Montes Claros por 28 a 27, enquanto os homens venceram Belo Horizonte por 33 a 24.

Na 2ª divisão, a dobradinha foi para a cidade de Mariana, que conquistou o título masculino (25 a 24 contra Passos) e o feminino (29 a 13 sobre Curvelo).  O atleta que se destacou foi José Arantes (Extrema), que anotou 56 pontos durante os Jogos.

Juiz de Fora também subiu ao lugar mais alto do pódio na 2ª divisão do futsal masculino após vencer Ponte Nova por 6 a 1. No feminino Várzea da Palma ganhou de Lavras por 3 a 2. Já na divisão principal, a cidade de Teófilo Otoni ficou no quase e acabou derrotada na final masculina (2 a 1 para Montes Claros) e na feminina (8 a 4 para Caratinga). Os artilheiros foram os jogadores Guilherme Reis, que marcou 13 gols por Caratinga, e Carmen Priscila, que balançou as redes em 7 oportunidades por Teófilo Otoni.

Assim como os outros esportes, o basquete também teve disputas acirradas. Os meninos de Almenara e Montes Claros ficaram com os títulos da 1ª e 2ª divisões, respectivamente. Entre as meninas, quem volta para casa com o triunfo são as cidades de Uberaba, que venceu a 1ª divisão, e Varginha. O principal destaque ficou por conta do atleta Arthur Pereira, de Almenara, que obteve média de 29,6 pontos por jogo.

Modalidade que contou com dois mineiros medalhistas nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o voleibol masculino foi vencido pelo Minas Tênis Clube, na elite, com vitória por 3 sets a 0 na final contra Montes Claros.

Na 2ª divisão, Contagem também dominou Pará de Minas por 3 a 0 e garantiu o troféu para Região Metropolitana do estado. No feminino, deu Itabirito na 1ª divisão (3 a 0 contra Perdões) e Congonhas na 2ª, que derrotou Pirapora também por 3 sets a 0.

Classificação geral

Campeã em 2015, a cidade de Montes Claros, localizada na região Norte, conquistou novamente o primeiro lugar geral nos Jogos de Minas Gerais. Além de faturar os títulos no basquete masculino e no futsal feminino, a cidade ainda foi vice-campeã no handebol feminino e no voleibol masculino, o que lhe garantiu o mérito. O segundo lugar ficou com Juiz de Fora, enquanto a terceira posição foi para Uberaba.

Lavras comemora sede

Com cerca de 1.500 pessoas acompanhando a realização dos Jogos de Minas Gerais, a cidade de Lavras, que também sediou os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), vê de maneira positiva a realização do programa. “Durante o evento, a economia de Lavras foi movimentada em diversos setores, como hotelaria, alimentação e transporte. Além disso, a organização dos Jogos de Minas contribui com nossa pontuação nos ICMS Esportivo, o que nos ajuda a desenvolver ainda mais a prática esportiva na cidade”, salientou o representante dos Jogos de Minas Gerais na cidade, Alexandre Belo.

O Programa. Os Jogos de Minas Gerais são disputados por atletas e equipes de municípios, clubes ou associações obrigatoriamente filiados às federações esportivas mineiras. A competição tem por finalidade possibilitar a identificação de talentos esportivos e estimular a prática esportiva entre os municípios do Estado de Minas Gerais. O evento é executado pela Secretaria de Estado de Esportes em parceria as federações esportivas mineiras, com o apoio das prefeituras municipais.

Confira os campeões e vice-campeões na tabela abaixo

04

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários