Visita aos Caminhos Drummondianos é uma opção turística que surpreende participantes do Famtour

Na quinta-feira, 16 de fevereiro, foi realizado o 1º Famtour – Caminhos Drummondianos, uma iniciativa do Programa Empreender, que é promovido pela Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Itabira (Acita). A iniciativa tem como objetivo promover o turismo e especializar os profissionais envolvidos nessa atividade econômica. Durante a atividade, os participantes puderam conhecer um pouco mais sobre o Museu de Território Caminhos Drummondianos.

O trajeto do 1º Famtour teve início na entrada da cidade, onde uma escultura de Carlos Drummond de Andrade parece desejar boas-vindas aos visitantes. O poema “A ilusão do migrante” marca o começo dos Caminhos Drummondianos. Maria das Graças Lage Lacerda, mais conhecida como Dadá Lacerda, historiadora, palestrante e grande pesquisadora da obra do poeta itabirano, conduziu o grupo e, em cada parada, contava as histórias relacionadas aos poemas transcritos nas placas.

“O Museu de Território Caminhos Drummondianos é uma coisa fantástica, fabulosa que nós temos aqui. O projeto foi construído onde Drummond fez citações em sua obra, uma contextualização. Temos 44 placas, todas colocadas em patrimônios históricos da cidade”, destacou Dadá Lacerda.

No caminho, os Drummonzinhos, projeto da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA), recitaram os poemas. Em meio à Praça do Areão, onde está a locomotiva que representa o transporte que leva o minério de ferro de Itabira, a placa com o poema “O maior trem do mundo” destaca a relação de questionamento de Drummond com a Vale.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo, José Don Carlos Alves Santos, acompanhou o trajeto e observou de perto as apresentações dos Drummonzinhos, que contribuem para destacar a riqueza do museu de território.

Para Don Carlos o turismo é importante via para promover a diversificação econômica do Município. “Precisamos incentivar a iniciativa privada que, juntamente com o poder público, pode ajudar e estimular a captação de recursos para incrementar o turismo na cidade”, afirma o secretário.

05

O percurso terminou na Casa de Drummond, um sobrado do século XIX que foi residência da família do poeta e onde ele viveu a infância. Na placa de ferro fundido o poema “Casa” traduz toda a arquitetura com destaque para os jardins onde os versos demonstram a inspiração poética: “A mão de meu irmão desenha um jardim e ele surge da pedra. Há uma estrela no pátio. Uma estrela de rosa e de gerânio. Mas seu perfume não me encanta a mim. O que respiro é a glória de meu mano”.

A Companhia Itabirana de Teatro fez uma apresentação teatral do poema cantado, um espetáculo que fechou a visita aos Caminhos Drummondianos. “O que aconteceu aqui hoje demonstra que a proposta do Programa Empreender está sendo cumprida, que é a união para o trabalho, para fazer acontecer”, observou Selma Duarte Cruz, consultora do Empreender.

O Museu de Território Caminhos Drummondianos é o único museu de território com poesias no mundo. Um percurso que mistura história e cultura, fazendo uma contextualização da obra de um dos maiores poetas do Brasil: Carlos Drummond de Andrade. Os participantes do Famtour puderam vivenciar a obra de Drummond ligada aos fatos, locais e personalidades que marcaram a vida do poeta.

Sobre o Famtour

O Famtour é realizado para promover o turismo e especializar os envolvidos nessa cadeia econômica, levando os profissionais nos pontos com capacidade de promoção turística para conhecer in loco os produtos e serviços que podem ser oferecidos aos seus clientes.

Segundo Eugênio Müller, Presidente da Acita, essa iniciativa é de grande importância para conectar os atores que compõem a cadeia produtiva do turismo. “Um grande diferencial de Itabira é ser a terra de Drummond. Temos que aproveitar isso como valor. Atrair a iniciativa privada, que tem um olhar empreendedor, mais rico, pois consegue enxergar potencial de negócios e traduzir em geração de renda”, avalia.

04

Programa Empreender

O Programa Empreender teve início em março de 2016 e tem como proposta a criação de núcleos setoriais que reúnem empresas do mesmo segmento para trabalho conjunto em busca do desenvolvimento dos empreendimentos e da economia local.

Em Itabira, o Empreender é estruturado pela Acita e já formou cinco núcleos setoriais. Além do núcleo de turismo de Itabira, tem também o núcleo turismo Ipoema, núcleo de bares, restaurantes e lanchonetes, núcleo da beleza e das mulheres empreendedoras.

O núcleo de turismo Itabira se encontra toda segunda-feira, às 19h, na Acita com o objetivo de buscar soluções conjuntas para desenvolver e promover o turismo na cidade.

O Programa Empreender conta com a parceria da Confederação das Associações Comerciais do Brasil (CACB), a Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Minas Gerais (Federaminas) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e pequenas Empresas (Sebrae).

LEIA MAIS

Comentários