Vencedor de festival em Lisboa e selecionado para outros cinco, “Nas Mãos de Quem me Leva” marca a estreia de João Cortês na direção

Produção ainda guarda lista de concorrentes em vinte eventos internacionais; próximas exibições ocorrem nesta semana em Portugal e em dezembro na Espanha; filme tem estreia prevista para 2021 com distribuição da O2 Play

Selecionado para cinco festivais de cinema neste ano, o longa-metragem vencedor do Festival de Lisboa, “Nas Mãos de Quem me Leva” marca a estreia do diretor João Cortês, que também é ator, na direção. Já nesta semana o filme, ainda inédito no Brasil, será exibido em outro festival português, o New Cinema Lisbon Monthly Film Festival (Portugal) concorrendo como Melhor Longa. Em dezembro o filme participará do European Cinema Festival (Espanha).

“É uma honra e um orgulho inexplicáveis. Somos apaixonados por cinema, conduzidos e impulsionados pelo impacto que o cinema sempre teve em nossas vidas. Esses são projetos muito importantes na minha história. Tanto o longa quanto o curta foram feitos de maneira 100% independente, sem patrocínio ou apoio. Todos nós, das equipes, trabalhamos muito duro, e nos dedicamos muito pra fazer esses projetos acontecerem. Trabalhos que são fruto dos nossos sonhos compartilhados, e da nossa crença de que arte realmente transforma. A arte é o que nos move e o que nos preenche a alma. E ter esses sonhos reconhecidos ao redor mundo, premiados, só nos dá ainda mais força e potência para continuar criando, continuar acreditando e fazendo acontecer. O sentimento é de pura gratidão”, conta Cortês.

“Nas mãos de quem me leva” ainda aguarda a lista de filmes selecionados de outros vinte festivais internacionais que devem ocorrer nos próximos meses, ampliando ainda mais a carreira e a exposição do filme no mercado cinematográfico.

Com distribuição da O2 Play, o longa-metragem tem estreia prevista nos cinemas em 2021.

Sinopse

O filme conta a história de Amora, uma jovem de 20 anos que perdeu os pais ainda pequena e desde então mora com sua avó, com quem tem uma relação desgastada.

Ao se apaixonar por um homem mais velho e passar pelos desdobramentos que essa paixão causará, Amora vai entendendo que seu destino depende muito mais dela mesma, do que de qualquer fator externo. No elenco estão Neusa Maria Faro (“Êta Mundo Bom”, “Verdades Secretas”, “Amor à Vida” e “O Segredo de Davi”) e Fernanda Marques, Bruno Suzano, Ed Cortês e participação especial de Daniela Galli.

LEIA MAIS

Comentários