Shows com Juarez Moreira e Tcheka e filme sobre o Atlético-MG na programação da Rede Minas deste final de semana

Ao lado de Toninho Horta e músicos, o violonista Juarez Moreira mostra novo trabalho em show gravado pela Rede Minas e exibido pela primeira vez na TV

O violonista e compositor Juarez Moreira organizou um novo repertório e, ao lado de Toninho Horta e outros músicos, apresentou canções inéditas no show “Dedicatória”. No sábado, 21 de setembro, às 23h45, no programa Noturno, será exibido ao público esse espetáculo, inédito na TV, gravado pela Rede Minas.

Mineiro de Guanhães, no Vale do Rio Doce, Moreira já se apresentou no Brasil e no mundo. Na trajetória, a parceria com grandes nomes da música popular brasileira, como Wagner Tiso e Milton Nascimento. O dedilhar do violão e da guitarra ultrapassou a MPB e ganhou a sonoridade do instrumental – do jazz ao clássico. O resultado foram mais de 15 álbuns, prêmios, participações em festivais e trabalhos realizados ao lado de grandes artistas.

Artista Tcheka é atração do programa Hypershow

O músico Tcheka, de Cabo Verde, na África, ganhou a atenção do mundo pela voz seca marcante, a habilidade com as cordas dos instrumentos e um estilo próprio, que mistura os gêneros do seu país ao folk, jazz, blues e até o pop brasileiro. O resultado foram os cinco álbuns lançados e parcerias com diversos artistas, inclusive o brasileiro Lenine. O Hypershow, da Rede Minas, exibe o espetáculo desse grande cantor e compositor, no sábado, 21, às 16h.

O show solo de Tcheka foi gravado pela Rede Minas e é exibido, pela primeira vez na TV, na série especial “Mostra Cantautores”, do Hypershow. Neste mês, o programa deu início ao especial e, a cada sábado, traz um espetáculo de algum dos artistas que se apresentaram no festival.

Documentário sobre Atlético-MG na sexta-feira

Em 2005, o Atlético Mineiro caiu para a série B do Campeonato Brasileiro. O jargão do hino do clube entrou em cena, “lutar com toda nossa raça pra vencer”. O resultado veio no ano seguinte quando o Galo teve seu acesso garantido à série A se sagrando campeão da série B. Esse momento histórico ganhou o documentário “Coração em Preto e Branco”, produzido pela Rede Minas, com direção de Túlio Ottoni. O filme é exibido na sexta-feira, 20 de setembro, na Faixa de Cinema.

A produção foca em um dos mais turbulentos momentos, da trajetória em campo, do Atlético Mineiro. Na ocasião, o clube e a torcida viviam em tensão. O documentário registrou tudo e mostra depoimentos de figuras ilustres, como do arcebispo de Belo Horizonte Dom Serafim e o cantor e compositor Vander Lee, que faleceu em 2016, além de atletas, músicos e torcedores.

LEIA MAIS

Comentários