Série “Ideias” do #EMCASACOMSESC discute os impactos das áreas verdes urbanas na saúde pública, as fronteiras e intersecções entre saúde e cultura, as fábulas em fotopintura e a relação do futebol com a literatura

Entre os dias 25 e 29 de agosto, participam dos debates Leandro Luiz Giatti, biólogo e doutor em Saúde Pública, Marco Aurélio Bilibio Carvalho, psicólogo e diretor do Instituto Brasileiro de Ecopsicologia, os professores da USP Aurea Maria Zöllner Ianni e Ricardo Rodrigues Teixeira, a artista visual Virginia de Medeiros e o fotopintor Mestre Júlio dos Santos em conversa mediada por Éder Chiodetto, os jornalistas e apresentadores Marcelo Duarte e Helena Calil, e o poeta Sérgio Vaz. A série Ideias, transmitida ao vivo sempre às 16h pelo YouTube da instituição, convida pensadores e articuladores sociais de diversas áreas para a troca de experiências e reflexões sobre assuntos da atualidade

Com o objetivo de incentivar a reflexão no contexto desafiador em que nos encontramos, a série Ideias, promovida pelo Sesc São Paulo por intermédio de seu Centro de Pesquisa e Formação (CPF), traz a transmissão ao vivo de debates sobre as principais questões que tensionam a agenda sociocultural e educativa atual. Sempre às 16h, as conferências acontecem pelo canal do YouTube do Sesc São Paulo, com participação do público e tradução simultânea para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Na terça-feira, 25 de agosto, o tema são as “Áreas Verdes na Cidade e os Impactos na Saúde”. O debate vai abordar as relações existentes entre as áreas verdes urbanas e a promoção da saúde pública. O território como espaço de organização social em que a saúde é determinada por processos ambientais, culturais e econômicos. Participam da conversa Leandro Luiz Giatti, biólogo, doutor em Saúde Pública e membro do grupo de pesquisa Meio Ambiente e Sociedade da USP, Bárbara Junqueira dos Santos, engenheira florestal com atuação em educação ambiental e passagens por instituições da área da saúde e Marco Aurélio Bilibio Carvalho, psicólogo, mestre em Psicologia Clínica e Cultura e Diretor do Instituto Brasileiro de Ecopsicologia. Mediação e apresentação de Renata Crivoi de Castro, bióloga, especialista em educação para a sustentabilidade e agente de Educação Ambiental no Sesc Guarulhos.

No dia seguinte, quarta-feira, 26, o debate de “Lançamento da Revista do Centro de Pesquisa e Formação Nº 10” apresenta um dossiê sobre “Saúde e cultura: fronteiras e intersecções”. Participam os professores da USP Aurea Maria Zöllner Ianni, da Faculdade de Saúde Pública, Ricardo Rodrigues Teixeira, da Faculdade de Medicina, e Emiliano de Camargo David, psicólogo e doutorando em Psicologia Social na PUC-SP. A mediação e apresentação ficará a cargo de Jair de Souza Moreira Júnior, doutor em Odontologia Social pela USP e pesquisador no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc.

Quinta-feira, 27, o bate-papo é sobre “Fábulas do Olhar: Fotopinturas e outras aventuras”. A conversa, que terá mediação do jornalista e curador Éder Chiodetto, vai marcar o reencontro da artista visual Virginia de Medeiros com o fotopintor Mestre Júlio dos Santos. Em 2012, em Fortaleza, Virginia e Mestre Júlio estabeleceram uma parceria em uma série que retratava em preto e branco pessoas em situação de rua e que posteriormente eram pintadas. Mestre em Artes Visuais pela Escola de Belas Artes-UFBA e com inúmeras exposições no Brasil e no exterior, Virginia adapta imagens documentais para usos subjetivos, pessoais e conceituais, propiciando a revisão dos modos de leitura e representação da realidade e da alteridade. Mestre Júlio, que fez sua iniciação nas artes plásticas com apenas 12 anos, em Fortaleza, já expôs seus trabalhos em mostras coletivas no Brasil, Uruguai, Bélgica e República Dominicana. O debate terá apresentação de Éder Martins, mestre em História Social pela PUC-SP e Pesquisador do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc.

Fechando a programação da semana da série Ideias #EmCasaComSesc, no sábado, 29, o assunto é o “Encontro do Futebol e da Literatura”. O jornalista e apresentador de rádio Marcelo Duarte e o poeta e agitador cultural Sérgio Vaz falam sobre as afinidades entre o futebol e a literatura constituídas na expressão humana. Eles destacam as inúmeras obras literárias brasileiras que narram o futebol, em histórias reais e na ficção e lembram como a bola e a letra se expressam nos livros, na prática e na sociedade. Marcelo é autor da coleção “O Guia dos Curiosos” e fundador da editora Panda Books e Sérgio é o cofundador do Sarau da Cooperifa, movimento cultural que transformou um bar na periferia de São Paulo, em centro cultural e que ajudou a deflagrar a literatura periférica. A mediação será da repórter e apresentadora de TV Helena Calil, e a apresentação de Raquel Rocha, educadora de atividades físico-esportivas do Sesc Pompeia.

LEIA MAIS

Comentários