Selo e estúdio Sonideria, especializada em trilhas sonoras, lança catálogo online de suas produções originais

Músicas de peça de teatro de Gerald Thomaz com participação de Serginho Groisman, longa metragem com canções interpretadas por Ava Rocha e espetáculo infantil com participação de Tatiana Parra fazem parte do extenso material produzido entre 2004 e 2019

O selo e estúdio especializado em trilhas sonoras Sonideria disponibiliza seu acervo de produções originais desde 2004 até este ano em todas as plataformas digitais, com distribuição da Tratore, a partir do dia 23 de janeiro. Entre as produções está a trilha sonora do quadríptico de peças dirigidas por Gerald Thomas no projeto “Asfaltaram a Terra” (2006), com participação de Serginho Groisman em “Brasas no Congelador”; os longa metragens “Diário de Sintra” (2007), com participação de Ava Rocha, e “ As Duas Irenes” (2017), sucesso nacional com Marco Ricca.

Desde que comecei a produzir música sob encomenda e especialmente trilhas sonoras, algo que me deixava frustrado era o fato desse material existir apenas atrelado ao produto que ele foi destinado (um filme, uma peça de teatro, etc) e também que muito do que era produzido ficava de fora da trilha final (temas musicais que acabavam não sendo usados nos projetos). Então, há tempos tenho essa vontade de compilar todo (ou quase todo) o material e lançar como álbuns, mas com a demanda de outros projetos não sobrava tempo para realizar isso. O estúdio cresceu e com a estrutura que temos hoje foi possível se dedicar a essa produção. Foram dois anos de trabalho intenso entre recuperação, remixagem e masterização de todo esse material”, conta o sound designer Edson Secco, proprietário da Sonideria e principal responsável pelas composições.

Rô-bots” (game ainda não lançado, 2019), “So, I looked for you in every memory” (projeto autoral, 2019), “Duas Irenes” (longa dirigido por Fabio Meira, 2017), “Pulso” (peça dirigida por Vanessa Bruno , 2016), “Secas” (espetáculo de dança-teatro dirigido por Tutti Madazzio , 2016), “5x Chico” (longa dirigido por Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein, Eduardo Nunes, Ana Rieper, Gustavo Spolidoro , 2015), “Licht + Licht” (peça dirigida por Caetano Vilela , 2012), “Brincar de Pensar” (peça dirigida por Vanessa Bruno, 2012), “Paralelo 10” (longa dirigido por Silvio Da-Rin, 2012), “Nijinsky, Casamento com Deus” (espetáculo de dança, 2012), “Remote Heart” (performance/instalação com Carolina Bonfim e Marianne Skjeldal , 2012), “Anger” (projeto autoral, 2011), “Passagens” (vídeo dança dirigido por Thaís de Almeida Prado, 2011), “O Ovo e a Galinha” (peça dirigida por Vanessa Bruno , 2010), “Noisy Jam” (LIVE com Constantine Katsiris e Thaís de Almeida Prado, 2010), “Olhares entre Caldeiras” e “Exercice du Regarde” (residência artística e longa do Coletivo Corrosivo, 2010), “Terras” (longa dirigido por Maya Da-Rin , 2009), “Floresta Fantástica” (2009), “Waste in Music” (espetáculo de dança-teatro dirigido por Leandro Zappala , 2007), “Rainha Mentira” (peça dirigida por Gerald Thomas , 2007), “Diário de Sintra” (longa dirigido por Paula Gaitán , 2007), “Asfaltaram a Terra” (quadríptico de peças dirigidas por Gerald Thomas, 2006) e “Plástico Bolha” (projeto autoral, 2004) são as obras que tem suas músicas disponibilizadas para o público.

Ouça: https://spoti.fi/2RVN5my

Sobre a Sonideria

Sonideria, selo e estúdio especializado em trilha sonora e pós-produção de som para TV e cinema, iniciou suas atividades em 2012. O estúdio conta com dezenas de projetos realizados entre longas e curtas metragem (ficção e documentário), séries de TV e web-séries, animações, games, espetáculos de teatro, álbuns musicais, exposições e instalações.

Responsável pela criação sonora de importantes filmes brasileiros e internacionais, já teve trabalhos com estréia e premiações em grandes festivais de cinema mundiais como Festival de Cannes, Festival de Veneza, Festival de Berlin, Locarno, Rotterdan e Sundance.

O estúdio conta com infraestrutura de ponta e equipe de criadores para todas as etapas do som, da edição, ADR, foley e sound design à música original, mixagem 5.1, 7.1 e Atmos, com o diferencial de aliar técnica e criação em todos os estágios do projeto.

Saiba mais:

LEIA MAIS

Comentários