Saiba quem ganhou o SAG Awards 2019, prêmio concedido pelo do Sindicato dos Atores

Nesse domingo, 27, aconteceu mais uma premiação do universo do cinema: o SAG Awards 2019. Promovido pelo Sindicato dos Atores, em Hollywood, o prêmio é o último a anteceder o Oscar, maior premiação da categoria. Esse ano aconteceu a 25ª edição do prêmio em que os próprios atores elegem as melhores interpretações do cinema e TV.

A noite de gala já começou seguindo uma tradição, a apresentação “Eu Sou um Ator” que, esse ano, contou com as estrelas Mike Meyers, Geoffrey Owens, Yara Shahidi e Megan Mullally. Megan, inclusive, foi a anfitriã da noite e, logo em seu discurso de abertura, destacou a diversidade e o protagonismo dos papéis femininos ao longo do último ano. “É meu grande privilégio dar as boas-vindas a todos vocês na noite em que Hollywood finalmente destaca os atores. Todo mundo sabe que ganhar um prêmio SAG é a maior honra que um ator pode receber”, frisou.

ccelebritiesfotomegan-mullally-sag-awards-2019-840x420

Ela foi apenas a primeira a fazer um discurso inspirador. A premiação foi marcada por falas poderosas, como a de Chadwick Boseman, protagonista de “Pantera Negra”, que falou em nome dos colegas de elenco ao receberem o prêmio de “Melhor Elenco de Filme”. Em sua fala, aplaudido de pé, ele enalteceu o impacto do filme na indústria de cinema. “Somos jovens, talentosos e negros. E sabemos o que é ser informado de que não há um filme para você fazer, um palco para você aparecer, sabemos como é ser a cauda e não a cabeça. Nós sabemos o que é estar embaixo e não acima. E é com isso que trabalhamos todos os dias. Porque não sabíamos que estaríamos por perto durante a temporada de premiações ou que isso daria um bilhão de dólares, mas sabíamos que tínhamos algo especial que queríamos dar ao mundo. Que poderíamos ser seres humanos completos nos papéis que estávamos desempenhando, que poderíamos criar um mundo que exemplificasse o que queríamos ver. Sabíamos que tínhamos algo que queríamos dar, ir ao trabalho todos os dias e resolver problemas com esse grupo de pessoas todos os dias, com esse diretor, é algo que eu gostaria que todos os atores tivessem a oportunidade de experimentar. Se você experimentar isso, você será um artista satisfeito”.

legiao_WNn2TmG3jl597PDwC8FuMdVgSoQE0hkAvKU1rb_O4t.png

Rami Malek, que venceu como “Melhor Ator”, por “Bohemian Rhapsody”, dedicou o prêmio a Freddie Mercury, personalidade a qual deu vida no filme. Rami reconheceu o talento dos colegas que disputaram a categoria com ele. “Eu nunca sonhei que poderia estar em uma categoria com esses homens e tenho muito orgulho de ser um dos seus colegas. É uma honra que me surpreende. Eu acho que recebi de Freddie (Mercury) lições de coragem e de viver a sua melhor vida, ser exatamente quem você quer ser e realizar tudo o que você deseja”, encerrou.

82021-sag1

Mais uma vez Glenn Close foi premiada como “Melhor Atriz” por “A Esposa”, Mahershala Ali foi o “Melhor Ator Coadjuvante” por “Green Book – O Guia” e Emily Blunt, “Melhor Atriz Coadjuvante” por “Um Lugar Silencioso”. Não houve surpresa nas categorias de TV. O elenco de “This Is Us” recebeu pelo segundo ano consecutivo o maior prêmio da noite e foi consagrado o melhor em série dramática. Assim como Sandra Oh que, depois de levar o Globo de Ouro e o Critics’ Choice Awards, recebeu seu terceiro prêmio este ano de “Melhor Atriz em Série Dramática”, por seu papel em “Killing Eve”.
Design sem nome (3)
E, outra tradição da premiação, a homenagem dessa linda noite de gala foi para o astro Alan Alda, que recebeu o “Life Achievement Award” pelo conjunto da obra. Quem estava lá para entregar a estatueta ao ator por suas conquistas na carreira e realizações humanitárias, foi o adorado ator Tom Hanks. Alda não escondeu a emoção e deu uma lição de simpatia e profissionalismo em seus agradecimentos. “Vocês sabem, é realmente difícil descrever como é ver meus colegas atores, meus heróis, me receberem aqui assim. É um sentimento extraordinário. A questão é que isso acontece em um momento em que tive a chance de olhar para trás e pensar sobre o que significa ser ator. Eu vejo mais do que nunca agora como estou orgulhoso de ser um membro de nossa irmandade de atores. Quando a cultura é dividida de forma tão acentuada, os atores podem ajudar, pelo menos um pouco, fazendo o que fazemos. Então, meu desejo para todos nós é: vamos ser brincalhões, vamos nos divertir e vamos continuar pesquisando. Você não pode resolver tudo, mas não faria mal tentar”.
image
O SAG Awards só fez crescer ainda mais a expectativa para o Oscar 2019. Fique por dentro da lista completa de vencedores, corra para maratonar os filmes que ainda não assistiu e se prepare para a cerimônia do Oscar que acontece no dia 28 de fevereiro.

 

CINEMA
Melhor Elenco – Pantera Negra
Melhor Ator – Rami Malek (Bohemian Rhapsody)
Melhor Atriz – Glenn Close (A Esposa)
Melhor Ator Coadjuvante – Mahershala Ali (Green Book – O Guia)
Melhor atriz Coadjuvante – Emily Blunt (Um Lugar Silencioso)
Melhor Elenco de Dublês – Pantera Negra

TV
Melhor Elenco de Drama – This Is Us
Melhor Elenco de Comédia – The Marvelous Mrs. Maisel
Melhor Ator de Drama – Jason Bateman (Ozark)
Melhor Atriz de Drama – Sandra Oh (Killing Eve)
Melhor Ator de Comédia – Tony Shalhoub (The Marvelous Mrs. Maisel)
Melhor Atriz de Comédia – Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)
Melhor Ator de Série Limitada – Darren Criss (The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story)
Melhor Atriz de Série Limitada – Patricia Arquette (Escape at Dannemora)
Melhor Elenco de Dublês de Comédia e Drama – GLOW

LEIA MAIS

Comentários

Tatiana Linhares. Muitas. Jornalista. Mineira. Tatuada. Outono e primavera. Pão de queijo. Livros. Música. Revistas. Cinema. Teatro. Futebol. Cruzeiro. Viagens de carro. Areia e mar. Esmalte colorido. Cerveja gelada. Família grande. Incontáveis amores. Paixonites agudas. Saudade. Simplicidade. Palavras