“Principal renda de muitas famílias vem do artesanato”, Rosimeire Penido, afirma Rosimeire Penido, presidente da Associação dos Artistas e Artesãos de Itabira

A presidente da Associação dos Artistas e Artesãos de Itabira, Rosemeire Penido, usou a tribuna da Câmara Municipal de Itabira (CMI) na tarde de terça-feira, 15 de agosto, dentro da programação do projeto “30 Anos sem Drummond”, idealizado e organizado pelo gabinete do vereador Paulo Soares de Souza (PRB).

Em seu pronunciamento, a representante dos artesãos falou da importância que o poeta Carlos Drummond de Andrade deu à sua terra natal e destacou o papel dos artistas e artesãos no fomento da economia e da cultura no município.

De acordo com Rosemeire Penido, o apoio político aos artesãos itabiranos é necessário, não só para o desenvolvimento econômico das famílias, mas, principalmente, para manter a tradição e a cultura no município.

02

Segundo ela, muitas familiares estão tendo o artesanato como principal renda e, na maioria das vezes são as mulheres que seguram as economias da casa.

“As mulheres, eu que sou presidente e convivo com várias, vejo o quanto elas são guerreiras, elas ajudam os maridos desempregados e elas não dão o braço a torcer. O artesanato também tem o lado cultural, passado de mãe pra filho, de vó pra filho, então isso é uma tradição que a gente tem na cidade”, relatou Rosimeire Penido.

Feira de artesanato

Até quinta-feira, 17 de agosto, os membros da Associação dos Artistas e Artesãos de Itabira irão expor e vender seus produtos no hall de entrada da Câmara Municipal.

LEIA MAIS

Comentários