Ouvidoria-Geral do Estado cria canais para receber manifestações sobre rompimento de barragem

OGE vai encaminhar dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões e críticas aos órgãos competentes e retornar aos cidadãos

Dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões, críticas e todas as formas de manifestações da população mineira acerca do rompimento da barragem de rejeitos da mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, poderão ser enviadas à Ouvidoria-Geral do Estado (OGE), por meio do WhatsApp (31) 9 9802-9713 ou pelo e-mail canalbrumadinho@ouvidoriageral.mg.gov.br. As demandas serão recebidas pela Ouvidoria Ambiental, em conjunto com as Ouvidorias Especializadas de Saúde e de Polícia.

Os novos canais de atendimento, implementados como medida de urgência, têm caráter humanitário. Eles proporcionam interlocução entre a população, que se encontra fragilizada e carente de informações, e os órgãos competentes de cada área, como a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e a Defesa Civil. O número de telefone, via aplicativo, será incorporado, definitivamente, aos outros canais já disponíveis no órgão. Os cidadãos mineiros também podem acessar o site www.ouvidoriageral.mg.gov.br ou ligar para o Disque-Ouvidoria: 162.

Para a Ouvidora-Geral do Estado de Minas Gerais, Simone Deoud, “neste momento de dor, que assola o entorno da barragem e deixa todo o país desolado, a OGE participa de força-tarefa em prol das vítimas, funcionários, familiares e comunidades atingidas. Por meio de nossos canais, recebemos as demandas dos cidadãos, acolhemos, encaminhamos e retornamos, cumprindo assim, com nossa missão de atender ao cidadão mineiro, sendo seu interlocutor com a administração pública estadual”.

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários