Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença lançam “Valencianas em Casa”

Videoclipe e single da música ‘Tomara’ está disponível nas plataformas digitais

A parceria de sucesso entre o cantor e compositor Alceu Valença e a Orquestra Ouro Preto, que reuniu multidões em shows pelo Brasil e Portugal, ganha uma nova versão durante essa quarentena. É o projeto Valencianas em Casa que vai levar a beleza da musicalidade mineira e pernambucana para o público em casa dividido em três atos.

Patrocinado pela Rede — uma empresa Itaú, o lançamento do primeiro foi realizado no dia 20 de junho, nas plataformas digitais, com o videoclipe da canção “Tomara”, versos escritos há 30 anos, que jamais soaram tão urgentes e atuais quanto neste atribulado 2020. De casa e isolados, o Maestro Rodrigo Toffolo, Alceu Valença e os músicos da Orquestra convidam o público para cantar juntos esse hino de esperança: “Tomara Meu Deus Tomara / que tudo o que nos separa / não frutifique e não valha”.

A música integra o disco Valencianas II previsto para ser lançado no final deste ano. Gravado em janeiro na Casa da Música, templo dos concertistas na cidade do Porto, em Portugal, Valencianas II dá continuidade ao projeto lançado em 2015, que arrematou todos os prêmios e aplausos de público e crítica desde então. A partir de Valencianas, a música de Alceu Valença estabeleceu um diálogo definitivo com a música de concerto e expandiu ainda mais seu alcance e suas possibilidades. O arranjo, para cordas, percussão e banda, escrito por Mateus Freire, estabelece a ponte entre as sonoridades do nordeste profundo e o barroco mineiro de Ouro Preto, o lar da orquestra. A direção de cena do concerto é de Paulo Rogério Lage.

Segundo o Maestro Rodrigo Toffolo, “a ideia era lançar o concerto em ao vivo, mas com as restrições tão importantes do isolamento social, temos buscado nos reinventar com o Valencianas em Casa. Fizemos um mergulho na obra de Alceu para mostrar a profundidade, a beleza de sua obra, mostrando essa faceta tão bonita da música brasileira que tem mexido com gerações”, diz o maestro.

Para Alceu, a canção “Tomara”, escrita em parceria com Rubem Valença, continua a falar de um Brasil tão atual. “Ainda precisamos preconizar uma nação solidária e sem preconceitos neste país tão desigual. Há um verso que se adequa ainda mais a estes tempos do que no período em que foi escrito: ‘que tudo o que nos separa / não frutifique, não valha’. Queremos nos reunir todos juntos novamente e tenho certeza de que isso acontecerá em breve”, conclui o compositor pernambucano.

Assista ao clipe de “Tomara”:

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Orquestra Ouro Preto.

LEIA MAIS

Comentários