Orquestra Ouro Preto apresenta concerto dedicado aos países de língua portuguesa

A musicalidade portuguesa e brasileira em um encontro entre dois países irmãos. Essa é a proposta do concerto Comunidade de Língua Portuguesa (CPLP) que a Orquestra Ouro Preto apresentará no domingo, 13 de maio, às 11h, no Grande Teatro do Sesc Palladium (R. Rio de Janeiro, 1046, Centro, Belo Horizonte, Minas Gerais). O concerto é a terceira apresentação da série “Domingos Clássicos 2018”, que celebra a residência da Orquestra Ouro Preto no Sesc Palladium, por meio de parceria com o Sesc em Minas.

Além disso, a apresentação integra a programação do Eixo Língua Portuguesa, trabalhado pelo centro cultural no primeiro semestre. A programação vai até o dia 8 de julho 2018 e as atividades foram selecionadas a partir do reconhecimento do idioma como patrimônio imaterial, pensando a memória social, afetiva e geográfica da língua. Outro norte para a definição das atrações foi a percepção do português também do ponto de vista crítico, como importante marco civilizatório calcado numa palavra viva e dinâmica.

Em 2013, a Orquestra Ouro Preto, em parceria com a Missão do Brasil junto à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, CPLP, realizou turnê por Portugal e Espanha (região da Galícia). O projeto tinha como objetivo promover o diálogo entre os ricos acervos musicais dos países de música brasileira. Agora, a Orquestra Ouro Preto apresenta ao público belo-horizontino o repertório brasileiro, português e galego, promovendo uma ponte musical entre culturas diversas.

Com regência do maestro Rodrigo Toffolo, o concerto da Orquestra Ouro Preto terá a participação especial da cantora e compositora Lívia Itaborahy, do solista Gilberto Paganini na viola e o do solista Sérgio Aluotto no vibrafone. O concerto apresenta um repertório que une a brasilidade de Edino Krieger à latinidade de Rufo Herrera. As canções são arranjadas por Guilherme Castro e Mateus Freire.

Além do concerto, que será oferecido com ingressos a preços populares, o público poderá participar de atividades formativas e aproximar-se ainda mais do universo da Orquestra Ouro Preto. Uma das ações que integram as novidades é o “Fala, Maestro!”, atividade de 30 minutos antes do concerto, em que o público terá a oportunidade de participar de um bate-papo com o maestro da Orquestra Ouro Preto, Rodrigo Toffolo.

“Essa atividade permite ao público participar de atividades formativas e mergulhar ainda mais no universo da música erudita ao ter a chance de ouvir as histórias e as curiosidades sobre a música de concerto durante o bate-papo comigo”, ressalta Toffolo.

Os ingressos para o CPLP estão à venda por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Os trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm 60% de desconto e pagam R$ 8. Os convites podem ser adquiridos na bilheteria do Sesc Palladium e no www.ingressorapido.com.br.

A Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo jovem vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. A orquestra foi criada em 2000 e seu trabalho é marcado pelo experimentalismo e ineditismo.

O Maestro

Rodrigo Toffolo é doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, Mestre em Musicologia pelo Departamento de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Toffolo é membro fundador e diretor artístico da Orquestra Ouro Preto, assumindo em 2007 a regência titular do grupo.

Sobre a Série Domingos Clássicos

A série “Domingos Clássicos” tem o objetivo de democratizar o acesso à cultura e proporcionar a aproximação do público com a música de concerto. A cada segundo domingo do mês, a Orquestra Ouro Preto realiza concertos de caráter didático, abordando aspectos estilísticos e formais que caracterizam os períodos apresentados.

De acordo com Janaina Cunha, gerente de Cultura do Sesc Palladium, levar ao público um concerto que une a brasilidade de Edino Krieger e a força de Ferrer Trindade, na música portuguesa “Canção do Mar”, que integra o repertório, torna a terceira edição da série “Domingos Clássicos” ainda mais especial. “Esse encontro é, certamente, um importante marco da programação deste semestre em que trabalhamos fortemente o Eixo Língua Portuguesa”.

SERVIÇO

Orquestra Ouro Preto CPLP – Comunidades de Língua Portuguesa | Convidados: Lívia Itaborahy, Gilberto Paganini e Sérgio Aluotto
Data e horário: domingo, 13 de maio, às 11h
Local: Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, Belo Horizonte, Minas Gerais)
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 8 (trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo)

LEIA MAIS

Comentários