O pianista Vitor Araújo se apresenta na série “Teatro Sérgio Cardoso 40 Anos” na sexta-feira

Para comemorar as quatro décadas de um dos principais teatros de São Paulo, a plataforma #CulturaEmCasa promove espetáculos no palco, mas sem plateia

O premiado pianista Vitor Araújo é o convidado do segundo episódio da série “Teatro Sérgio Cardoso 40 Anos”. A exibição será transmitida na próxima sexta-feira, 17 de julho, às 21h, pela plataforma #CulturaEmCasa, criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte. A série, lançada no último dia 10 e que registrou mais de mil visualizações em seu primeiro episódio, faz parte da comemoração de aniversário do Teatro Sérgio Cardoso, um dos principais teatros de São Paulo, que completa quatro décadas em outubro deste ano. Assim como todos os equipamentos culturais, o Sérgio Cardoso continua fechado devido ao isolamento social. Mas a arte não pode parar. E pensando em disponibilizar cultura e entretenimento, de qualidade, gratuitamente, ao maior número de pessoas, toda sexta-feira, às 21h será veiculada apresentação de artistas que gravaram especiais no Teatro Sérgio Cardoso sem plateia.

Compositores, músicos, cantores e atores foram convidados a se apresentar no teatro vazio. Uma experiência única para cada um deles e também para quem acompanhar a série na plataforma #CulturaEmCasa. A primeira temporada do Teatro Sérgio Cardoso 40 anos, composta por cinco episódios, estreou com apresentação de Ana Cañas. Neste episódio de estreia, a plataforma #CulturaEmCasa registrou mais de mil visualizações. Os próximos artistas a se apresentarem são Raul Barreto, Simoninha e Lara Córdulla. Sozinhos, no palco, eles também trazem reflexões sobre o início de carreira, a relação com as artes, o processo criativo e o novo momento provocado pela pandemia.

Vitor Araújo conheceu o piano em 1997 aos 8 anos de idade. Desde então, desenvolveu toda a sua carreira artística em volta dele. De estudante premiado em sua infância e adolescência, passou para polêmico e singular intérprete da música erudita com grande reverberação nacional, devido à sua leitura pouco ortodoxa de obras clássicas, e à apropriação do universo improvisativo do jazz nas execução de partituras consagradas dos grandes compositores. Essa abordagem bastante particular do piano como plataforma musical lhe rendeu premiações como a da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Festival de Cinema de Brasília logo em seus primeiros anos de carreira.

O pianista relata a experiência única em participar da série Teatro Sérgio Cardoso 40 anos. “Foi uma honra pisar num palco por onde passaram tantos gigantes do teatro e da música brasileira. Eu, felizmente, pude sentir essa experiência. Agora só me resta torcer para que um dia eu possa voltar a tê-la novamente, mas dessa vez com as cadeiras todas ocupadas.”

“Nosso objetivo é que o conteúdo cultural disponibilizado na plataforma seja amplo e diverso. E que também possibilite experiências inéditas para os protagonistas da cultura e arte”, afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso

Localizado no boêmio bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso foi inaugurado em 13 de outubro de 1980, com uma homenagem ao ator. Na ocasião, foi encenado um espetáculo com roteiro dele próprio, intitulado “Sérgio Cardoso em Prosa e Verso”. No elenco, a ex-esposa Nydia Licia, Umberto Magnani, Emílio di Biasi e Rubens de Falco, sob a direção de Gianni Rato. A peça “Rasga Coração”, de Oduvaldo Viana Filho, protagonizada pelo ator Raul Cortez e dirigida por José Renato, cumpriu a primeira temporada do teatro.

SERVIÇO

Série “Teatro Sérgio Cardoso 40 Anos” — Vitor Araújo
Data e horário: sexta-feira, 17 de julho, às 21h
Site: www.culturaemcasa.com.br

Mídias Sociais

LEIA MAIS

Comentários