O EP “Alvos Constantes”, da banda Spoiler, ganha as ruas

O cenário undergound de Itabira está bastante vivo, com músicos se unindo para organizar apresentações e bandas entrando no estúdio para gravar materiais autorais. No início do mês, a banda Spoiler lançou e disponibilizou online o seu primeiro EP intitulado “Alvos Constantes”, e, agora, começa a distribuir o álbum em seu formato físico.

GEDC0003 Formada por Fernando Rocha nos vocais, Elvis Oliveira na guitarra, Tiago Labiapari no baixo e Taciano Souza na bateria, a banda Spoiler selecionou quatro canções para compor o seu trabalho de estreia: “Destino x Morte”, “Contravenção”, “Censura Livre” e “Holocausto. Esse set list traduz as influências do grupo e a sua construção sonora, que mescla o rock nacional com o alternativo.

“As músicas selecionadas para o EP ocorreram de forma simples e objetiva. Nos reunimos e decidimos colocá-las pela afinidade com as mesmas. Sentimos que seria um bom conjunto de músicas autorais para mostrar um pouco do nosso trabalho”, explica Elvis Oliveira.

A produção de “Alvos Constantes” começou no segundo semestre de 2015, quando o EP começou a ser planejado e as músicas organizadas. Em novembro daquele ano o grupo entrou no Peso Stúdio para dar início às gravações. O trabalho de mixagem e masterização ficou sob a batuta de Rodrigo Rodrigues, o “Peso”. Essa produção – que também envolveu a impressão da capa e encarte e a prensagem do EP – foi feita de maneira independente, com os próprios músicos e algumas empresas parceiras arcando com todas as despesas.

Essa postura de superar as adversidades faz parte da rotina da banda. A escolha do nome “Alvos Constantes” faz referência aos desafios que sugiram no caminho e precisaram ser enfrentados. Esse conceito, aliás, permeia todo o EP, que procura transmitir mensagens positivas aliadas à riffs de guitarra e bumbos de bateria.

“Persistir e jamais desistir é um de nossos lemas, afinal já passamos por vários momentos de dificuldade, situações ímpares onde nossas vidas foram
totalmente colocadas à prova, dificuldades financeiras e, mesmo assim, não deixamos nossa música se calar. Queremos transmitir isso pra geral, expor que a vida tem altos e baixos, porém, a diferença entre viver e existir pode ser determinada por cada um de nós”, destaca Elvis Oliveira.

CenárioGEDC0036
Gravar um EP independente é a forma que as bandas alternativas encontram para se posicionar na cena musical e mostrar o seu trabalho. Esse cenário, inclusive, é um desafio a ser enfrentado por todos os grupos do underground itabirano, que geralmente passam despercebidos pelo público da cidade – mesmo aqueles que estão gravando trabalhos próprios.

“Outras cidades tem dado mais oportunidade para as bandas independentes e isso leva muitos a tentarem algo por ai em busca de maior reconhecimento. Ultimamente as coisas têm melhorado um pouco e algumas bandas daqui estão ganhando força e sendo valorizadas, a Postura é um grande exemplo disso. O Festival da Música de Itabira, junto com o Trem Das Gerais, foi fundamental para todo mundo. Esperamos que mais eventos como esse sejam realizados na cidade, pois o povo Itabirano precisa disso”, avalia Elvis Oliveira.

História
GEDC0010Em 2014, a banda AudioproX, composta por Elvis Oliveira, Fernando Rocha, Taciano Souza e Fernando Siri, chegou ao fim. Essa decisão, porém, acabou por impulsionar a criação da Spoiler, que veio com uma nova roupagem: mudança na formação, na construção musical e na pegada do grupo.

Foi em janeiro de 2015 que a Spoiler começou a ser formada. A ideia inicial partiu do guitarrista Elvis Oliveira, que convocou os antigos parceiros Fernando Rocha e Taciano Souza. Mas ainda faltava um baixista para completar a formação. Após algumas experiências, Tiago Labiapari, que já havia feito algumas apresentações com a AudioproX, foi oficializado no posto.

Visite a fan page da banda Spoiler no Facebook

Clique aqui e escute o EP “Alvos Constantes”

spoiler_capa_02
Capa do álbum “Alvos Constantes” lançado pela banda Spoiler
Comentários

A profissão é jornalista. A diversão é um livro. Mas também pode ser um filme ou uma série. O esporte é futebol - desde que acompanhado do sofá da sala. O universo digital exerce grande interesse. Não dispensa uma xícara de café ou um copinho de cerveja.