O bailarino Ismael Ivo é um dos destaques do prêmio Mestres da Criatividade

O projeto Mestres da Criatividade foi lançado pela Catraca Livre para disseminar a cultura da inovação, compartilhando as experiências da pessoas mais criativas do Brasil. Esse prêmio vai, anualmente, escolher um único nome que sintetize o máximo da criatividade brasileira.

O prêmio coincide as comemorações do Dia da Consciência Negra e será entregue no dia 17 de novembro, Dia Mundial da Criatividade. A homenagem ocorre na Biblioteca Mário de Andrade durante um festival mostrando as melhores publicidades que melhoraram o mundo.

Antes da homenagem, será exibido um vídeo ecológico que Ismael fez, em Foz do Iguaçu, com ao pianista Fabio Caramuru, que vai tocar a trilha ao vivo.

Sobre Ismael Ivo

Nascido na Vila Ema, bairro da zona leste da cidade de São Paulo, Ismael Ivo viu os rumos de sua vida mudar de rumo quando o coreógrafo e diretor norte-americano Alvin Ailey (1931-1989) o descobriu, em 1983, em Salvador, dançando “Rito do Corpo em Lua” em uma das históricas Oficinas Nacionais de Dança Contemporânea que Dulce Aquino comandava na Universidade Federal da Bahia.

A convite de Ailey, foi para a sua escola, em Nova York. Pouco depois, surgiu a oportunidade de mostrar o mesmo solo no Teatro La Mamma. Com seu 1,83 m e uma presença cênica imponente, despontou como solista internacional, iniciando uma carreira que já havia sido anunciada em 1982, quando participara do show de Arrigo Barnabé no Berlim Jazz Festival.

ismael-ivo-decada-de-1980-solo-rito-do-corpo-em-lua-foto-christa-niels

Ismael foi o primeiro bailarino brasileiro e negro a ser convidado a dirigir um teatro estatal na Alemanha, o de Weimar. Em Viena, em 1988, criou, juntamente com Karl Regenburger, o ImPulzTanz, hoje considerado o maior festival de dança contemporânea de toda a Europa. Ocupou o cargo de diretor da Bienal de Dança de Veneza superando o recorde de permanência de Carolyn Carlson.

16_ismaelivo_dimosgoudaroulis_discordable_05cakriviadis.org_

Em 2017, Ismael assumiu a direção do Balé da Cidade de São Paulo, corpo artístico do Theatro Municipal. Aos 62 anos, depois de quase 40 anos de uma bem sucedida carreira internacional, Ismael Ivo encaro o desafio dando ao corpo de baile novos ares, mais questionadores e modernos.

LEIA MAIS

 

Comentários