NOID lança singe de estreia, “Leech”, que fala sobre trocas e abusos em relações humanas

De Curitiba, Paraná, a banda grunge flerta com o indie e o pop e é a nova aposta da Forever Vacation Records

O selo e gravadora Forever Vacation Records apresenta a banda curitibana NOID. Formado por Marcelo Fiedler no vocal e guitarra, Katherine Zander no baixo e vocal e Ricardo Blasch na bateria, o power trio flerta com indie, metal, grunge e noise criando um pop ruidoso. Com produção da própria banda e Danilo Machado, lança o single de estréia “Leech”.

“Um dia estava em Curitiba com a Katherine e ela me mostrou uma demo do NOID, fiquei chocado! Já com a banda formada, ela me mandou outras demos, fiquei em choque, foi uma das bandas que mais me surpreendeu nos últimos tempos, falei pra ela que deveriam lançar essa demo mesmo. Ela e o Fiedler ‘tramparam’ nas letras e o Ricardo regravou as baterias e reenviaram. Uma das músicas que compõe este trabalho é a ‘Leech’, adoro a estética suja e agressiva que eles têm”, conta Capilé.

A música fala sobre “sanguessugas sociais, pessoas abusivas que sugam nossa energia e acabam por nos tornar um sanguessugas também, como se o abuso fosse uma doença contagiosa”, explica Katherine. As imagens do clipe sugerem isso e os takes ao vivo foram gravados em um show em Curitiba. “A gente queria as imagens bem sujas, pra dialogar com o som. E também trouxemos uma linguagem psicodélica para simbolizar a fritação mental das ‘nóias’ causadas pelo sugamento social”, completa.

“Ainda sob isso tudo tem o lance dos ícones, eles contam a história de uma relação de troca de abusos, através de um chat (WhatsApp, Messenger e afins). A gente pirou que eles são como wingdings, um parente primitivo dos emojis. E eles aparecem na medida que nos comunicamos cada vez mais com esses caracteres”, finaliza Fiedler.

Assista ao clipe de “Leech”:

LEIA MAIS

Comentários