Netflix reabre cinema histórico de Nova Iorque

A Netflix anunciou na última segunda-feira, 2 de dezembro, que irá administrar um dos cinemas mais antigos e icônicos de Nova Iorque. O Paris Theater agora será usado para exibir os filmes de produção própria da gigante do streaming que, ainda, enfrenta a competição com os grandes cinemas.

A dois passos do Central Park e do famoso Hotel Plaza, o Paris Theater fechou suas portas no final de agosto desse ano, após 71 anos de existência, devido ao aumento do aluguel. Agora, o último cinema de Nova Iorque com uma única sala, foi reaberto no início desse mês de novembro para a exibir o filme “Marriage Story”, do diretor americano Noah Baumbach, produzido pela Netflix.

Em sua conta oficial no Twitter, a Netflix contou que “esse cinema emblemático permanecerá aberto e se tornará a casa da Netflix para seus eventos excepcionais, suas projeções e estreias nas salas de cinema”.

Os termos do contrato que permite que a Netflix se estabelecer no espaço não foram divulgados, mas o site especializado Deadline sondou que trata-se de um aluguel de longo prazo. O Paris Theater foi inaugurado pela atriz alemã-americana Marlene Dietrich, em 1948. Ele foi administrado pela casa francesa Pathé, forçada pelos proprietários do prédio a ceder o lugar ao grupo americano Loews em 1990.

O cinema construiu sua reputação com uma programação de filmes muitas vezes ignorada pelas grandes salas, especialmente franceses, se tornando um espaço de pessoas interessadas nos filmes de arte.

LEIA MAIS

Comentários