Natura Musical seleciona projetos para patrocínio com novo modelo de atuação

Natura Musical seleciona novos projetos para patrocínio em 2018, a partir de 4 de julho, com nova visão, modelo de atuação e linguagem. A plataforma abre as inscrições para seleção anual de projetos com novo recorte estético, nova categoria e um processo de seleção mais simples, horizontal e colaborativo.

Artistas, bandas e coletivos de todo o Brasil, em diferentes estágios de carreira, de apostas a nomes consagrados, podem concorrer ao patrocínio do Natura Musical, com inscrições abertas de 4 a 21 de julho. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no portal www.naturamusical.com.br.

A marca está oferecendo 5,6 milhões para o lançamento de novos trabalhos (CDs, DVDs e outros formatos) e para o patrocínio de festivais, com apoio da Lei Rouanet e das leis estaduais de incentivo à cultura (ICMS) no Rio Grande do Sul, Pará, Bahia, Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Neste ano, o Natura Musical volta a ter editais regionais em São Paulo e Minas Gerais, e, pela primeira vez, destina recursos para o Paraná, voltados exclusivamente para a seleção de festivais.

A seleção dos projetos ocorrerá de duas formas: via edital público para a categoria lançamento de novos trabalhos e por indicação da rede de curadores para o patrocínio de festivais. O novo edital Natura Musical está aberto a produtores artísticos e culturais, músicos, grupos, companhias e outras instituições que atendam às exigências para inscrição nas leis de incentivo.

Ainda para 2017, Natura Musical anuncia o patrocínio a três festivais no Nordeste: Festival Radioca, dias 7 e 8 de outubro, em Salvador, Coquetel Molotov, 21 de outubro, no Recife; Festival DoSol, dias 11 e 12 de novembro em Natal.

Natura Musical 2017: novo recorte estético, novas categorias de patrocínio, curadoria ampliada e edital mais simples

Acompanhando as transformações que vivemos nos últimos anos, o Natura Musical, criado para valorizar a música brasileira, passou por uma ampla revisão após completar seu primeiro ciclo de 10 anos, com o objetivo de ampliar sua relação com o público, por meio de experiências e conteúdo engajador, além de direcionar sua atuação no setor de cultura e entretenimento para o território da inovação e economia criativa.

O novo edital busca projetos que valorizem a identidade e a diversidade, conectados ao debate de temas contemporâneos e que expressam a vitalidade da música brasileira, sempre em movimento, pulsante. “Música é movimento”, afirma Fernanda Paiva, gerente de marketing institucional da Natura. E, ao longo desses 12 anos, os temas que abalam o mundo também mudaram. A transição do analógico para o digital trouxe à tona conflitos de diversas origens: étnicos, geracionais, sociais, de gênero, ideologias etc. “A evolução do Natura Musical responde ao desejo de dar voz à música que reverbera nesse contexto de grandes mudanças, debatendo temas como identidade e diversidade e promovendo empatia, conexões e encontros”, acrescenta Fernanda.

Após 12 anos de editais anuais, neste ano Natura Musical está simplificando o processo seletivo desde as inscrições até o anúncio dos contemplados. Das nove etapas anteriores, o novo edital passa a ser realizado em quatro etapas: inscrições, com validação automática via sistema, avaliação da rede de curadores, negociação e aprovação nas leis. A análise dos projetos passa das mãos de uma equipe de cinco especialistas para uma rede com cerca de 20 integrantes, de perfis variados, entre curadores, produtores, jornalistas e outros representantes do mercado musical. A rede será responsável pela recomendação dos projetos com base em quatro critérios: criação e produção artística, repercussão, articulação e viabilidade.

Sobre Natura Musical

Com doze anos, o Natura Musical tem hoje um papel singular na valorização da produção contemporânea e da identidade musical brasileira: já apoiou mais de 1350 produtos culturais (mais de 1200 shows, 132 CDs, 26 DVDs, 21 livros e 5 filmes), chegando diretamente a 1,3 milhão de pessoas e 1,3 milhão de seguidores no ambiente digital.

A marca lança em média 20 discos por ano, com destaques em listas de melhores do ano e premiações nacionais e internacionais, além de patrocinar shows, livros, filmes e acervos digitais.

No terreno das apostas, vem participando ativamente do lançamento e consolidação de alguns dos mais representativos compositores e intérpretes da nova geração, com a gravação de discos e patrocínio de artistas como O Terno, Emicida, Curumin, Lucas Santtana, Rael, Almério, Filipe Catto, Felipe Cordeiro, Aíla, Larissa Luz, Aláfia entre outros.

Ao mesmo tempo, Natura Musical financia projetos emblemáticos de ícones da música brasileira como, por exemplo, Elza Soares com A Mulher do Fim do Mundo, Gal Costa interpretando Lupicínio Rodrigues e Ney Matogrosso com o projeto de gravação e turnêAtento aos Sinais, entre outros.

Há dois meses, Natura Musical inaugurou em São Paulo uma casa de espetáculos voltada para música brasileira: a Casa Natura Musical, em Pinheiros. O espaço, com capacidade para 500 pessoas sentadas e mil em pé, oferece uma combinação de conforto e qualidade musical. A marca participa na curadoria dos shows, com o objetivo de construir uma grade de programação pulsante, com diversidade de perfis de atrações e de públicos, passando por novos artistas, nomes consagrados, música regional e festas itinerantes.

No ambiente digital, as redes do Natura Musical oferecem conteúdo exclusivo, abordandomúsica e comportamento por meio de um multicanal de entretenimento criado pela VICE Brasil.

Edital Natura Musical 2017

Inscrições, regulamento e atendimento a proponentes
Inscrições abertas: 4 a 21 de julho, exclusivamente pelo www.naturamusical.com.br
Esclarecimento de dúvidas, solicitações ou outras questões: (11) 5056-9832, 5056-9833 ou e-mail edital@naturamusical.com.br.

*Com informações da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais.

LEIA MAIS

Comentários