Museus de Minas oferecem entretenimento online durante pandemia

Sem sair de casa, visitação virtual a espaços culturais é opção para conhecimento e lazer

Em tempos desafiadores por conta dos impactos do Covid-19, o isolamento necessário não significa afastamento total das atividades culturais. Graças à tecnologia, museus em todo o mundo, entre eles centros de cultura e museus de Minas Gerais, oferecem acesso a acervos, informações variadas e visitas virtuais.

A Diretoria de Museus da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) está realizando esforços para isso. Informações sobre as edificações, os acervos e curiosidades das sete instituições ganharam mais destaque em postagens para as redes sociais. A dimensão lúdica dessa ação fica por conta de um quiz com perguntas diversas, publicado semanalmente nas mídias dos espaços, para testar a memória e o conhecimento dos visitantes. Os participantes são o Museu Mineiro, o Centro de Arte Popular, o Museu dos Militares Mineiros, o Museu Casa Guimarães Rosa, o Museu Casa Alphonsus de Guimaraens, o Museu Casa Guignard e o Museu do Crédito Real.

Além disso, o planejamento de cursos e capacitações continua em execução. De acordo com a diretora de Museus da Secult, Ana Werneck, entre estas atividades estão o Encontro Estadual de Museus e encontros regionais. “Estamos reorganizando o Comitê Gestor e trabalhando com afinco para que tudo esteja funcionando no momento do retorno das atividades presenciais”, afirma. O funcionamento presencial dos museus do Estado ao público está suspenso, inicialmente, até 18 de abril.

Filarmônica

Para os apreciadores da música de concerto, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, com sede em Belo Horizonte, também oferece opções virtuais aos visitantes. No site https://filarmonica.art.br/sala-minas-gerais/, o internauta tem a possibilidade de conhecer a Sala Minas Gerais, por meio do recurso de navegação 360°. O espaço completou cinco anos em fevereiro deste ano e, atualmente, é considerado uma das melhores salas de concerto da América Latina.

No canal do YouTube da Filarmônica também é possível assistir a vários vídeos, alguns com audiodescrição e legendas que fazem parte do projeto “Orquestra para cego ver e para surdo sentir”. Outra novidade é o podcast “Filarmônica no Ar”. Nesta primeira temporada, ganham destaque as diferentes formas musicais, que também são tema do conjunto de concertos “Fora de Série”, de 2020. Disponível no link: anchor.fm/filarmonicamg.

Espaços do Circuito Liberdade

CCBB-BH – A instituição disponibilizou mais de cem cursos e atividades no site www.ccbbeducativo.com.br. São arquivos, vídeos e peças de atividades realizadas entre 2018 e 2020, direcionados a todos os públicos, especialmente a alunos, professores e comunidade escolar. Há também oficinas que podem ser feitas pelos pais com seus filhos, para estimular a diversão e o conhecimento. O CCBB oferece visitas virtuais ao seu prédio histórico, por meio do @googleartsculture.

Academia Mineira de Letras – Cerca de 200 vídeos de seu acervo digital estão disponíveis no canal do YouTube, muitos com tradução em libras. Neles, é possível conferir escritores como Conceição Evaristo, Caio Boschi, Olavo Romano, entre tantos, e ainda aprofundar na obra de Guimarães Rosa, J. D. Salinger, Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade e muitos outros autores. Além disso, há poemas, artigos e outros textos de escritores e membros da academia no blog oficial academiamineiradeletras.org.br/blog.

Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais – Para marcar conteúdos exclusivos, produzidos pelos próprios servidores da biblioteca, foi criada a hashtag #Bibliotecaemcasa, usada no Instagram. Nela estão compilados trechos de obras clássicas, leituras de poemas e, até mesmo, um registro breve de como o setor Braille preparou as transcrições de uma série de livros. As consultas ao acervo podem ser feitas normalmente, em www.bibliotecapublicaestadual.mg.gov.br. O atendimento ao público está suspenso, inicialmente, até o dia 18/4, e as devoluções previstas foram transferidas para o dia 22 de abril.

Memorial Minas Vale – A instituição deu destaque em seu site para a visita virtual. O acervo de vídeos, com shows e oficinas, também está disponível no site Além disso, o espaço prevê a produção e a exibição de vídeos com artistas de diversos segmentos, como forma de apoiar a classe artística e manter o contato ativo com o público.

Casa Fiat de Cultura – Catálogos de suas várias exposições foram disponibilizados para download gratuito no site: www.casafiatdecultura.com.br. A instituição criou a campanha #CasaFiatdeCulturaComVocê com uma série de vídeos inéditos que relembram suas principais exposições internacionais e mostras temáticas, com apresentação do Programa Educativo nas redes sociais. São dez episódios temáticos, que exploram obras icônicas e movimentos artísticos. A primeira é “Caravaggio e seus Seguidores”, uma das mais importantes mostras realizadas pela Casa Fiat no Brasil, em 2012.

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários