Mulamba realiza live neste domingo

No dia 26 de julho, às 18h, a banda curitibana faz a primeira live com um show completo desde o início do confinamento. Transmissão contará com participação interativa de uma das vocalistas

A Mulamba, banda curitibana formada por Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (baixo), comemora os 100 mil inscritos em seu canal do YouTube com uma live no domingo, 26 de julho, às 18h.

A primeira live com um show completo desde o começo da quarentena será transmitida diretamente do Nico’s Studio, em Curitiba (PR), dentro do projeto “Live no Casa”. Por causa da COVID-19 e seguindo as instruções da OMS, a vocalista Amanda Pacífico permanece em São Paulo (SP), onde reside, mas participa do espetáculo através de interação virtual com o restante da banda.

“Estamos muito ansiosas por um palco novamente, para ouvir a banda plugada, soando como nos shows de verdade. É a primeira vez que viveremos essa experiência de uma live nesse porte, em estúdio, de figurino, com som de qualidade, mas tomando os devidos cuidados para envolver o menor número possível de pessoas. Não podemos esquecer que ainda estamos no meio de uma pandemia, em um momento muito delicado com mais de 80 mil mortes por COVID-19 no país. O que pudermos fazer para minimizar riscos, já é de grande valia”, explica Amanda. “Por isso, resolvemos fazer a live num formato interativo, de longe: elas em Curitiba, no estúdio, eu em São Paulo, em casa mesmo, testando os limites da tecnologia. Farei algumas aparições com todo carinho para que seja um show lindo e completo para o público”.

No repertório, além das canções já conhecidas como “Mulamba”, “P.U.T.A” e “Interestelar”, a banda apresenta a inédita “Dandara”, que estará presente no próximo álbum, ainda sem data prevista de lançamento.

Durante a live, um QRcode estará no canto da tela e toda a arrecadação será dividida em 50% para a Mulamba e 50% para Cibelly. No começo do ano, a travesti paraense foi brutalmente agredida por transfobia em Belo Horizonte (MG), onde trabalhava como profissional do sexo, ficando paraplégica e sem voz, precisando muito de apoio.

SERVIÇO

Live Mulamba
Data e horário:
domingo, 26 de julho, às 18h
Link: https://www.youtube.com/channel/UCt1uhyVvCx9MRumPuDO_9wg

 

LEIA MAIS

Comentários