Muito rock e indie no Coletânea, da Rede Minas, nesta terça-feira

Programa traz clipes de sucesso do rock de grupos e artistas contemporâneos

Duas duplas de irmãos canadenses se encontraram, ainda adolescentes, para tocar cover de Jimi Hendrix, em 2003. O sucesso agradou tanto que os garotos começaram a fazer suas próprias músicas e formaram a banda Bleeker. Hoje, com novos integrantes, o grupo está no topo da playlist da juventude e mostra que o rock sobrevive por gerações. O programa Coletânea, da terça-feira, 17 de setembro, apresenta clipe do grupo que mantém o estilo vivo.

O programa também dá espaço para a americana K.Flay. A jovem assumiu o microfone há mais de uma década com muito hip hop. Mais tarde, entrou no mundo rock, o que lhe rendeu a indicação ao Grammy pela melhor canção do gênero, além do álbum, em 2018. Esses são alguns dos artistas que vão para a tela do Coletânea.

O programa temático apresenta clipes que agradam o público jovem, levando entretenimento e cultura para a TV aberta. Exibido de segunda a sábado, pela Rede Minas, apresenta em seu repertório músicas de estilos diferentes. Terça é dia de rock e indie.

Durante a semana, o público confere hits dos mais variados estilos. Na segunda-feira, “Dia de Pop Bebê” traz clipes de artistas desse gênero para a playlist. Além de terça, com indie e rock, a quarta-feira apresenta a escolha de clipes feita por quem acompanha o programa pelas redes sociais em “No Aleatório”. Quinta, os sucessos dos anos 70, 80 e 90 ganham a tela da TV com o “#TBT”. Sexta é dia de invasão k-pop, com hits da música pop coreana. Sábado, o Coletânea apresenta uma seleção de diferentes sucessos que agradam o público jovem.

O programa é dirigido por Tatiane Coura, que também apresenta especiais da atração. O Coletânea vai ao ar, pela Rede Minas, de segunda a sexta, às 18h45, e sábado, às 15h.

LEIA MAIS

Comentários