Memorial Minas Gerais Vale abre inscrições para edital “Jovens Artistas Mineiros 2016”

O Memorial Minas Gerais Vale, espaço que integra o Circuito Liberdade, abre inscrições para o edital “Jovens Artistas Mineiros 2016”. A oportunidade é direcionada a artistas nascidos ou residentes em Minas Gerais para apresentação de trabalhos nas salas de exposição temporária do museu. Serão selecionadas até quatro propostas para ocupação de uma das salas ou ambas, simultaneamente. Os artistas selecionados receberão prêmio no valor de R$ 7 mil, além da cobertura de custos com transporte das obras, montagem, divulgação e atividades de apoio. Interessados devem se inscrever até  28 de fevereiro, preenchendo a ficha de inscrição disponível no www.editalmemorialvale.com.br .

Poderão se inscrever artistas com até 35 anos (nascidos a partir de 1980), individuais ou em grupo, com propostas artísticas inéditas em pintura, desenho, vídeo, instalações e fotografias ou em qualquer outro suporte, formato ou linguagem. Artistas não residentes em Belo Horizonte ainda terão garantidas suas despesas de viagem, alimentação e hospedagem por períodos de tempo negociados e determinados – montagem, abertura da exposição e desmontagem. “A proposta do edital é valorizar os jovens artistas mineiros, destacando o talento e a diversidade de formas e olhares da nossa terra”, destaca o gerente do Memorial Minas Gerais Vale, Wagner Tameirão. Os trabalhos aprovados ficam disponíveis para apreciação do público por cerca de dois meses.

A seleção dos trabalhos será feita por uma comissão composta por especialistas em duas etapas: a primeira, análise da proposta enviada; e a segunda, entrevista com o artista, presencial ou virtual. O edital está disponível no site www.editalmemorialvale.com.br .

Desde a abertura do edital de ocupação do museu, em 2013, o espaço já apresentou onze exposições contempladas pelo projeto: (Ciclo 2013/2014) ‘Entre’, de Carolina Cordeiro; ‘América, sacco e vanzetti’, de Ricardo Burgarelli; ‘Guerra dos perdidos’, de Ricardo Burgarelli e Luísa Horta; ‘Enquanto te esperava’, de Camila Otto; ‘O que não é vasto é raso’, de Renata Laguardia; ‘O Livro da dúvida – capítulo 1 – Adentrando o falto’, de Estandelau. (Ciclo 2014/2015) ‘Monumento vidraça, monumento ruína’, de Daniel Bilac; ‘Dupla dobra’, de Marina R.B; ‘Cinza Fluorescente’, de Walter Gam; ‘Fachada’, de C.L. Salvaro; e ‘Célula/vaga’, de Daniella Domingues.

Sobre o Memorial Minas Gerais Vale
O Memorial Minas Gerais Vale é resultado da parceria entre a Vale, a Fundação Vale e o Governo de Minas e funciona no antigo prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, no Circuito Liberdade, originalmente denominada Secretaria das Finanças no século XIX. O espaço é uma iniciativa que se alinha ao propósito da Fundação Vale de fortalecer as identidades culturais regionais e valorizar a cultura, a memória e o patrimônio histórico nos territórios onde a Vale atua.

Informações sobre o Memorial Minas Gerais Vale

Endereço: Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias
Horário de funcionamento: terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30, com permanência até 18h. Quintas, das 10h às 21h30, com permanência até 22h. Domingos, das 10h às 15h30, com permanência até 16h.

http://www.memorialvale.com.br
https://www.facebook.com/memorialvale
https://www.youtube.com/user/memorialvale

*Com informações do Circuito Cultural Praça da Liberdade.

 

Comentários