Maurício Pereira, Leila Pinheiro e Geraldo Azevedo são atrações deste final de semana da série “Música” do projeto #EMCASACOMSESC

Há mais de um mês, o Sesc São Paulo promove série de shows diários com transmissões, sempre às 19h, pelo Instagram e YouTube do Sesc São Paulo

São mais de 2 milhões de visualizações e 39 shows realizados pela série Música #EmCasaComSesc, do Sesc São Paulo, com importantes nomes da música brasileira. Na quinta-feira, 28, Thaíde abre alas para o pap nacional, celebrando no #EmCasaComSesc seus 35 anos de carreira. Na apresentação, o rapper relembra as canções “Afro Brasileiro”, “Apresento meu amigo”, “A Noite” e “Senhor tempo bom”, da antiga dupla Thaíde & DJ Hum, além dos clássicos dos discos: Thaíde Apenas e #VQVQOSNPP (sigla para sua célebre frase, “vamo que vamo que o som não pode parar”).

Abrindo a programação do final de semana, na sexta-feira, 29, Maurício Pereira, cantor, compositor e saxofonista, acompanhado de seu filho, Chico Bernardes, faz uma releitura do disco “Pra Marte” (2007), que inclui uma de suas músicas mais marcantes, “Trovoa”. A participação de Chico, cantor, compositor e violonista, conferiu uma nova sonoridade a este disco tão importante na carreira de seu pai, dando às músicas um ar folk e violonístico.

No sábado, 30, a cantora e pianista Leila Pinheiro traz para o público do #EmCasaComSesc músicas que vão do rock aos clássicos da MPB, incluindo temas da bossa nova. Somando piano e voz, a artista que em seus 40 anos de carreira acumula 21 discos, três DVDs e parcerias com grandes nomes da música brasileira, canta ainda as músicas que foram eternizadas em sua interpretação, como “Verde” (Eduardo Gudin / Netto Costa), “Catavento e Girassol” (Aldir Blanc / Guinga) e “Serra do Luar” (Walter Franco).

Fechando as apresentações musicais do mês de maio, Geraldo Azevedo apresenta-se no domingo, 31, entoando os grandes sucessos que estão presentes na memória afetiva de muitas gerações. Acompanhado de seu virtuoso violão, o cantor passeia por essas cinco décadas de composições, apresentando desde sucessos do início de sua carreira, como “Táxi Lunar” (Geraldo Azevedo, Alceu Valença e Zé Ramalho), “Bicho de Sete Cabeças” (Geraldo Azevedo, Zé Ramalho e Renato Rocha) e “Caravana”, até canções do seu último álbum, Solo Contigo. “Estou me acostumando com a ideia de tocar para uma plateia virtual. É uma experiência interessante levar minha música para dentro da casa das pessoas”, comenta o músico.

Para conferir toda essa programação, basta acessar as páginas youtube.com/sescsp ou o novo endereço do Sesc São Paulo no Instagram criado especialmente para a série Sesc Ao Vivo instagram.com/sescaovivo.

Desde o dia 19 de abril, o Sesc São Paulo vem oferecendo um show diferente por dia, todos os dias às 19h, ao vivo e direto da casa do artista. A programação foi pensada a todos que apreciam a boa música brasileira, em tempos de isolamento social por conta do novo coronavírus e que levou ao fechamento das unidades em todo o Estado para evitar a disseminação da Covid-19.

Até aqui, já passaram pela série de Música #EmCasacomSesc os artistas Zeca Baleiro, Chico César, a dupla Fernanda Takai e John Ulhoa da banda mineira Pato Fu, Roberta Sá, Paulo Miklos, João Bosco, Zélia Duncan, Hamilton de Holanda e Mestrinho, Rael, Mônica Salmaso e Teco Cardoso, Davi Moraes e Pedro Baby, Hélio Ziskind, Siba, Luciana Mello e Jair Oliveira, Marcelo Jeneci, Renato Braz, André Mehmari, Anelis Assumpção com participação de Curumin, Ayrton Montarroyos com participação de Edmilson Capelupi, Céu, Emicida, Dori Caymmi, Tulipa Ruiz com participação de Gustavo Ruiz, Toninho Ferragutti, Ná Ozzetti com participação de Dante Ozzetti, Josyara, André Abujamra, Luedji Luna com participação de Zudizilla, João Donato, Joyce Moreno, Duo Siqueira Lima, Tiê, As Bahias e a Cozinha Mineira, Nilze Carvalho e Ava Rocha, Adriana Calcanhotto, Eduardo Gudin com participação de Naila Gallotta, Hercules Gomes e Mariana Aydar. . As apresentações atingiram uma audiência de mais de 2 milhões de visualizações, somando as páginas do Sesc São Paulo e dos artistas que transmitiram as apresentações.

*Com informações da Assessoria de Comunicação do Sesc São Paulo.

LEIA MAIS

Comentários