Luvbites lança álbum de estreia: “Hot Days Long Nights, Here Comes LUVBITES”

Banda de Londrina (PR) ainda apresenta o vídeo da música “Beside Good Things”, segunda live session da trilogia dirigida por Eik Sorgi

A banda londrinense Luvbites lança seu álbum de estréia “Hot Days Long Nights, Here Comes LUVBITES”. A obra, com oito canções, está disponível nas principais plataformas digitais e será lançada em vinil em março, pela Fatiados Discos. Formado por Júlia Dutra (vocal), Iggy D. (guitarra e voz), Dedé (baixo e voz), Wiu (guitarra e voz) e Leticia DG (bateria e voz), o quinteto apresenta um rock quase pop, leve e divertido, promovendo o que eles chamam de “pop frito”.

É um álbum sem dobra de guitarras, um disco vivo e gravado quase todo ao vivo em estúdios pequenos. Foi feito com o mais puro sentimento, honestidade e dedicação que tínhamos no momento”, conta Iggy D. “É uma obra para passar energia boa. A contraposição entre letras densas e melodias felizes é feita para que o álbum soe leve e traga alegria aos ouvintes sem deixar de tratar de assuntos reais”.

Ouça o álbum: 

Faixa a faixa de “Hot days Long nights, here comes LUVBITES”

– Lily & Luli

Essa música conta de uma viagem que Iggy fez com uma família de amigos, Lia Valença , Luis e seus filhos Sara e Dan, por isso o arranjo é marcante e infantil pois feita para as crianças gostarem. Fala muito deles e de lugares do mundo pra gente viajar. Arquétipos, nomes de países que todos conhecem têm um apelo universal.

– Free Taba

É um manifesto pela descriminalização / legalização da maconha. É também nossa tentativa de fazer um reggae no meio do som. Começa pop, depois a Júlia entra junto dos trêmulos da Rickenbacker no vox, que dá um ar de psicodelia e fritação. Iggy recorta a música para um reggae e então, no final, vira um rock’n’roll meio New York Dolls (“Looking for a Kiss”). São quatro músicas em uma.

3 – Potentially Crazy Forever

Trata-se de um som feito em meio a uma crise de ansiedade, insônia. É sobre isso: estar sóbrio mas se sentir louco em potencial para sempre. A Júlia coloca voz e deixa tudo macio, aveludado, traz doçura à canção. Ela fez quatro vozes nessa música, cada uma em um tom, para que déssemos um ar mais pop.

– Hell is full

É o nosso rap. Gravamos na HOUZI records, em Londrina, do pessoal da UZI, que produziu a faixa. Fala sobre olhar no espelho e ter mais fé na vida, sobre o antigo relacionamento de Iggy e sobre uma briga com um traficante que ele e o Glauco Caruso tiveram no morro do Canta Galo e Caruso teve a clavícula quebrada, um dia antes de tocarem com o Kid Vinil no hotel Fasano. Morar no Rio, na favela do Vidigal e andar por essa e outras favelas era o cotidiano deles no começo dos anos 2010.

– Cruel

Essa é a única música do disco que Iggy é a voz principal o som todo e também gravou todos os instrumentos (bateria, baixo guitarra). E é a primeira música gravada pela Julia na vida. O som é um power pop, mescla acordes menores e maiores. Solo tema, meia lua, acordes menores tipo Beatles, backin vocal feminino, refrão marcante, órgão, bateria marcada com viradas em contratempo, baixo com escalinha. Formula boa pra música pop. A música fala sobre desapontamento, arrependimento.

6 – Speechless

A balada do álbum. Tem uma pegada country e participação do Paulinho , guitarrista do Fernando e Sorocaba no pedal steel para dar mais propriedade à atmosfera country que a música se deu. Música bonita. Fala sobre amizade e ficar sóbrio. É dedicada a Marina Vello (Bonde do Rolê/Berlim). Júlia e Iggy fazem dueto de voz comigo de forma suave e bela, emocionante. Dedé no baixo, Iggy grava bateria guitarra Paulinho pedal steel e Galego Teixeira, que produziu, também gravou guitarra.

7 – Love comes in boats

É um manifesto contra a Mao santo// Bayer//, fala sobre industria da moda, de alimentos, agrotóxicos, câncer. A moda é um universo que desperta curiosidade em Iggy: acha tão fascinante quanto podre. Recomendam o doc. “The true cost” para quem gostar dessa música .

– Luvbites

A primeira música que a Júlia fez na banda, dividindo a composição com Iggy. Fala sobre desilusão amorosa e também tem a participação do Paulinho, guitarrista do Fernando e Sorocaba, no pedal steel e no banjo.

Live Session de “Beside Good Things” por Eik Sorgi

Segundo vídeo da trilogia de live sessions com o Luvbites pelo diretor londrinense Eik Sorgi, bônus de música que não está no álbum.

A interpretação visual de uma música e das sensações que ela nos trás sempre me cativou e mostrar isso através de imagens é muito bacana. Venho fazendo alguns trabalhos com o Iggy há um tempo e agora com a Luvbites gravamos uma live session, dando início a um projeto que pretendo continuar com algumas bandas de Londrina”, conta o diretor Eik Sorgi. “Acompanho a Luvbites desde o começo, tive a oportunidade de acompanhar de perto a criação das músicas e o amadurecimento da banda. É uma banda fácil de trabalhar, são artistas que sabem se jogar não só nos palcos mas como também em frente às câmeras”.

Assista: 

Ficha Técnica

  • Dirigido por Eik Sorgi
  • Direção sonora por Thiago Agryas e Ricardo de Bom

LEIA MAIS

Comentários