Largo do Batistinha, em Itabira, recebe o show “Diego Bemquerer e convidados” no sábado

No sábado, 25 de novembro, o Largo do Batistinha, na região central de Itabira, recebe o show “Diego Bemquerer e convidado”, que vem circulando o interior de Minas Gerais. A apresentação conta com entrada gratuita e acontece a partir das 20h.

No espetáculo, Diego Bemquerer será acompanhado pelo diretor e baixista do Olodum, Elpídio Bastos. Os dois artistas já se apresentaram juntos em outras oportunidades e possuem grande afinidade em palco. No sábado, eles irão interpretar canções autorais, além de releituras de músicas populares de músicos do calibre de Paulinho Moska, Roberto e Erasmo Carlos e Kiko Zambianchi – além, é claro, de sucessos do Olodum, como “Retirante Ruralista” e “Avisa Lá”.

Além de Diego Bemquerer e Elpídio Bastos, o show será acompanhado pela banda formada por Rogério Delayon (guitarra), Adriano Campagnani (baixo) e Léo Pires (bateria). A direção musical do show é de Rogério Delayon e a direção geral fica por conta de André Kostta.

O projeto

“Diego Bemquerer e convidado” é um espetáculo itinerante e que circula por diversas cidades mineiras. Nessa caminhada, o artista já se apresentou com grandes nomes da música brasileira, como Elza Soares, Kiko Zambianchi, Leo Minax, Wilson Sideral, entre outros.

Diego Bemquerer

01

O artista começou sua carreira ainda era criança e, desde então, já lançou dois discos (um em 2002 e outro em 2011) e três singles. Um dos singles “Love Leve”, de autoria de Vander Lee e Flávio Henrique, gravado em 2006, virou “hit” entre algumas rádios mineiras e firmou o nome de Diego Bemquerer na nova cena musical.

O trabalho autoral de Diego já foi reconhecido por duas vezes através das músicas “Contraponto” e “Tempo Quatro”, que fazem parte do seu segundo disco, que foram selecionadas para o I e II Festival de Música da ARPUB (Associação das Rádios Públicas do Brasil), em 2009 e 2010, respectivamente.

Em 2012, Diego foi convidado por Elza Soares para fazer uma participação especial no show “Simplesmente Elza”, em Belo Horizonte. A cantora ficou encantada com o trabalho do cantor e, desde então, assumiu que é sua madrinha musical. A partir desta época, Diego e Elza se apresentaram juntos em diversas ocasiões.

Além do Brasil, Diego já se apresentou três vezes na Argentina: no Teatro Colón de Mar del Plata, na Sala Notorious de Buenos Aires, e no Centro de Arte de Mar del Plata.

Em 2015, Diego fez parte da trilha sonora estendida do filme de terror “Pandemônia” com a faixa “Porque não Eu” e, em 2016, lançou o single de mesmo nome pela Blast Stage Records e distribuído pela Sony Music Brasil, que já ultrapassou 100 mil streams nas plataformas digitais.

Em 2017, Diego lançou o seu primeiro videoclipe “Porque não Eu” através da Sony. O seu terceiro disco denominado “Ao Vivo em Ouro Preto” está em fase de finalização e será lançado até o final do ano pela Blast Stage Records (Sony).

Elpídio Bastos

02

Conhecido no mundo musical, o cantor e compositor Elpídio Bastos é diretor musical e baixista do Olodum há mais de duas décadas. Tem amplo conhecimento da batizada world music. Antes do Olodum, dirigiu Ivete Sangalo e tocou com Daniela Mercury, no Companhia Clic.

Seu primeiro CD foi lançado em 2001 com o título “Prazer”. O segundo, “Meu Tesouro”, com a participação especial do Olodum, foi lançado em 2003 e foi vencedor do Troféu Caymmi 2004 na categoria de melhor disco pop.

Em 2015, lançou seu terceiro CD autoral, batizado de “Sem Tirar Nem Pôr”. Desta vez, contando com participações de nomes como Saulo e Max Viana (Filho de Djavan). O CD tem destaque na música “Bombeiro”.

Diego Bemquerer - Itabira e-flyer

SERVIÇO

Diego Bemquerer e convidado
Data e horário: sábado, 25 de novembro, às 20h
Local: Largo do Batistinha (Centro, Itabira, Minas Gerais)
Ingressos: Gratuito

LEIA MAIS

Comentários