Hamilton de Holanda, Wilson Simoninha e Mestrinho agitam a semana de lives da campanha “Juntos pela Música”

Iniciativa da União Brasileira de Compositores, em parceria com o Spotify, vai ajudar músicos afetados pela crise causada pela Covid-19. Mais de 1,5 mil artistas já solicitaram o auxílio, que será de R﹩1.600, divididos em quatro parcelas

A Janela UBC, série de lives que a União Brasileira de Compositores (UBC) promove para divulgar a campanha Juntos Pela Música, será bem movimentada nos próximos dias. Na quarta-feira, 3 de junho, o músico e produtor Geraldo Vianna entrevista o bandolinista Hamilton de Holanda; na quinta-feira, dia 4, a cantora e diretora da UBC Paula Lima recebe o cantor Wilson Simoninha; já na sexta, 5 de junho, será a vez do músico e escritor Manno Góes conversar com Mestrinho do Acordeon. Criada em parceria com o Spotify, a iniciativa visa arrecadar fundos para artistas impactados pela crise da COVID-19.

04

As lives serão transmitidas no Instagram da entidade, a partir das 16 horas. Além do bate-papo informal, os artistas interpretarão músicas de seus repertórios.

05

No último final de semana, a UBC realizou o Festival 24h Juntos Pela Música, com a participação de grandes estrelas da música brasileira, como Adriana Calcanhotto, Paula Fernandes, Maria Rita, Fernanda Takai, Sandra de Sá, Kell Smith e Marcelo Falcão. Mais de 640 mil pessoas acessaram o Instagram da entidade durante o a realização do evento e o fundo agora soma quase R﹩ 1.3 milhões de reais em doações, com aporte de R﹩ 500 mil da UBC e R﹩ 500 mil do Spotify. Com o valor arrecadado até o momento, a iniciativa irá ajudar 801 músicos. Mais de 1,5 mil artistas já solicitaram o auxílio e mais de 2 mil pessoas já colaboraram. O fundo Juntos Pela Música segue aberto a doações através da plataforma Benfeitoria : http://benfeitoria.com/juntospelamusica.

06

Sobre o fundo “Juntos Pela Música”

A pandemia da COVID-19 acertou em cheio a indústria da música. A proibição da realização de eventos estancou quase por inteira a fonte de renda de milhares de artistas. A crise afeta também a arrecadação de direitos autorais por execução pública, que terá queda de R﹩ 140 milhões em 3 meses, segundo o Ecad. Diante deste cenário, a União Brasileira de Compositores (UBC) e o Spotify lançam o fundo “Juntos Pela Música”, que remunerará artistas que enfrentam dificuldades financeiras. O fundo nasceu com R﹩ 1 milhão, sendo R﹩ 500 mil da UBC e outros R﹩ 500 mil do Spotify, destinados a milhares de artistas afetados pela quarentena.

Para ampliar o alcance dos benefícios, as entidades abriram a campanha para doações da sociedade civil, através de uma plataforma de crowdfunding: www.benfeitoria.com/juntospelamusica.

O movimento faz parte do projeto global “Spotify COVID-19 Music Relief”. A empresa irá igualar as doações arrecadadas via crowdfunding, em parceria com a UBC, para atender os artistas. Neste caso, o Spotify se compromete a equiparar a doação em 1:1. Para cada real doado pela sociedade, a empresa doará o mesmo valor, além do aporte inicial de R﹩ 500 mil, até o limite do seu programa global de ajudas do gênero.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da UBC.

LEIA MAIS

Comentários