Grupo Identidade estreia espetáculo “Abre Caminho” em Belo Horizonte

Atualmente, uma grande efervescência cultural é destaque na capital e é crescente a valorização das vilas e favelas dentro deste contexto político-social. A questão do genocídio negro periférico, é de interesse do grupo de dança Identidade, por isso, eles promovem um debate através da dança para que o tema seja visto e discutido pela sociedade.

O espetáculo “Abre Caminho” acontecerá nos dias 1 e 2 de dezembro, à preços populares – R$5,00 meia entrada e R$10,00 inteira – no Teatro Francisco Nunes, e convida a todos para vivenciar a realidade da favela e violências sofridas pelos jovens de periferia, através do grito das minorias com gestos fortes e emocionantes.

SOBRE O ESPETÁCULO “ABRE CAMINHO”

Com direção geral do dançarino Welleton Carloso “Abre Caminho” tem o objetivo de divulgar a cultura da favela, mostrando às pessoas inseridas nessa realidade a possibilidade de um futuro melhor. Utilizando o palco como exemplo, jovens de uma mesma realidade social constroem seu futuro de forma consistente graças ao pensamento crítico, adquirido através do contato com a cultura periférica na qual estão inseridos, ocupando um espaço de compartilhamento de saberes e dando visibilidade ao trabalho cultural desenvolvido no Aglomerado da Serra, comunidade onde o Grupo Identidade atua.

SOBRE O GRUPO IDENTIDADE

Originado em meados de 2012 por meio de oficinas do Programa Fica Vivo, chegando a atender cerca de 40 jovens no Aglomerado da Serra, rapidamente cativou o público da comunidade e se tornou referência dentro da cultura urbana, reunindo talentos de todas as sete vilas que compõe o conglomerado. Singular em sua formação e sólido em sua execução, o Grupo Identidade é a força de expressão da juventude do Aglomerado da Serra em sua forma mais poética: a dança.

O Grupo Identidade tece seu currículo com produções próprias e ultrapassa o limite das danças urbanas, incorporando ao seu trabalho elementos contemporâneos, do jazz ao funk, o que confere caráter inédito às coreografias.

Os dançarinos são 13 jovens de 15 a 26 anos, vindos de projetos sociais, viram na atividade extracurricular a chance de se profissionalizarem na arte. Dentre as formações artísticas destacam-se as obtidas no curso de Graduação em Dança da UFMG, CEFART (Palácio das Artes), Grupo Experimental de Danças Urbanas, Cultura do Guetto, Harmonia Studio de Dança e Grupo Sarandeiros. Ênfase também para a parceria em gestão e produção cultural firmada com o Lá da Favelinha.

Ao longo dos seis anos de existência o grupo ocupou diversos palcos da capital e região metropolitana, como o Teatro Municipal de Nova Lima, Teatro Francisco Nunes, Sesc Palladium, Sesiminas e Teatro Salesiano. Além de acumular títulos nos concursos I Festival de Talentos Coreográficos Cristão de Belo Horizonte, Circuito Mineiro – Festival de Inverno 2017, Festival Toute Forme 2015 e Passo de Arte 2016 e 2017.

Com a missão de perpetuar cada dia mais a cultura de favela na qual se inserem e mostrando a real identidade do local em que se formam a cada dia. Os jovens encontraram na dança, a voz que buscavam para extravasar sentimentos.

SINOPSE

“Quantos de nós deixamos de ser, para sermos o “nós” que somos hoje?” Pensando nisso, o Grupo Identidade vem estudando a questão do genocídio da juventude negra periférica, a resiliência dessa população e a força de vontade que esses jovens têm para fazer ações artísticas que denunciam a realidade social que os rodeia.

Direção geral: Welleton Carlos
Direção artística: Léo Garcia
Cenografia: Arthur Gaffuri
Iluminação: Denner Moises
Figurino: Dill Dias e David Souza
Elenco: Ingrid Teixeira
Pablo Xavier
Pedro Henrique Santos
Rafael Rosa
Rian Filipe
Samara Anacleta
Stephany Pinheiro
Thais Cristina
Tiphany Gomes
Welleton Carlos

SERVIÇO
Espetáculo “Abre Caminho”
Dias: 1 e 2 de dezembro
Horário: 20h
Local: Teatro Francisco Nunes – Av. Afonso Pena, s/n – Centro – Belo Horizonte/MG
Ingressos: R$5 meia entrada // R$10 inteira – Compra online http://bit.ly/AbreCaminho1DEZ //http://bit.ly/AbreCaminho2DEZ
Classificação Livre 

LEIA MAIS

Comentários