Governo do Estado lança edital do Programa Música Minas para mini-residências artísticas na capital e no interior

Como forma de impulsionar e incentivar o processo criativo da produção artística musical em todo o estado, a Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio da Superintendência de Interiorização e Ação Cultural, lança o Edital de Chamamento Público do Programa Música Minas para seleção de entidade privada – sem fins lucrativos – que irá realizar mini-residências artísticas na área da música na capital e no interior.

A entidade selecionada será responsável por elaborar e planejar seis mini-residências com investimentos de R$ 405 mil, promovendo um recorte da música autoral e independente produzida atualmente em Minas Gerais. As inscrições estão abertas de 26 de outubro a 5 de novembro de 2015 e podem ser feitas no link: http://goo.gl/rtZSv9.

As residências artísticas valorizam o processo de criação e não somente o produto final. Este modelo de produção artística contemporâneo, reconhecido no exterior, prioriza o processo colaborativo e dinâmicas de compartilhamento coletivo que valorizem a “obra em progresso”.

“O mundo da arte resulta de proximidades em espiral, ou seja, de atuações sobrepostas, marcada pelo compartilhamento simultâneo do trabalho de artistas, produtores, instituições, críticos e público que, juntos, formam os campos artísticos, em suas mais diversas formas de expressão”, explica a Diretora de Programas e Articulação Institucional, Janaína Maquiaveli.

De acordo com o superintendente de Interiorização e Ação Cultural, João Miguel, o edital marca a nova atitude do Governo de Minas Gerais de descentralização e democratização do acesso às políticas públicas.

“Espero que com este edital possamos contribuir efetivamente para o fomento da música em todo estado de Minas Gerais. É uma boa oportunidade do segmento musical pleitear e participar de mais uma ação. Estamos juntos afirmando um novo repertório para a área no nosso Estado”, diz João Miguel.

A entidade selecionada vai conduzir todo o processo das mini-residências, como a escolha das cidades, locais para realização e acolhimento dos artistas, o caráter geral artístico das residências – que envolvem objetivo, processo e produto final -, o perfil dos artistas que poderão se inscrever, além da escolha dos profissionais ministrantes das residências e a divulgação dos produtos musicais que resultarem da imersão no processo criativo das residências. As informações para participação serão disponibilizadas em novembro, após a apresentação do plano de ação da entidade selecionada.

Programa Música Minas 2015
O Programa Música Minas está sendo desenvolvido em dois pilares, o Edital de Descentralização e o Edital de Seleção de Entidade Privada.

O Edital de Intercâmbio conta com investimentos R$ 700 mil em recursos financeiros para realização de intercâmbio cultural destinados a integrantes da cadeia criativa e produtiva da música, desde que tenha residência permanente em Minas Gerais. A ajuda de custo destina-se ao intercâmbio cultural através de viagens que poderão ser realizadas dentro do território brasileiro ou ainda pelos cinco continentes.

O objetivo é promover a participação desses artistas em eventos e/ou atividades prioritariamente culturais no campo da música, promovidos por instituições brasileiras ou estrangeiras de reconhecido mérito. O valor máximo do apoio a requerimento de grupo ou coletivo será de R$ 15 mil para viagens nacionais, e de R$ 60 mil para viagens internacionais. Para promover progresso em toda a cadeia musical de Minas Gerais, as inscrições para o Programa Música Minas 2015 continuam abertas. Clique aqui e confira o Edital de Intercâmbio, que segue aberto até 20 de maio de 2016.

Já o Edital de Seleção de Entidade Privada tem o objetivo de selecionar a entidade que vai realizar seis mini-residências na capital e no interior de Minas Gerais.

*Com informações da Agência Minas.

Comentários