Governo do Estado divulga resultado de edital de audiovisual para desenvolvimento de roteiros

Governo do Estado de Minas Gerais, por meio do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro (Prodam), divulgou o resultado do Edital para Desenvolvimento de Roteiros.

O concurso, realizado com verba da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), selecionou 16 propostas nas categorias ficção, animação e documentário, que receberão investimento total de R$ 1,5 milhão, conforme tabela abaixo:

tabela_01

O concurso teve número recorde de inscrições, com crescimento acima de 50% no número de propostas apresentadas, em comparação com o ano anterior, subindo de 137 para cerca de 210.

Duas comissões técnicas foram formadas para análise das propostas: uma que avaliou os projetos de longas-metragens e outra para séries de TV. Participaram das equipes representantes da sociedade civil, da Secretaria de Estado da Cultura, Rede Minas, Codemig, Sebrae, BNDES, Câmara da Indústria do Audiovisual da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e Brasil Audiovisual Independente.

Clique aqui e veja as sinopses dos projetos contemplados.

Prodam: política estadual em prol da cultura

O Edital para Desenvolvimento de Roteiros faz parte das iniciativas do Programa de Desenvolvimento do Audiovisual Mineiro (Prodam), lançado em maio de 2016, reunindo representantes de instituições privadas, setoriais, órgãos e entidades da administração pública direta e indireta do Estado de Minas Gerais.

A rede de cooperação atua como um elo de forças em prol do impulso à formação, produção, distribuição, exibição e preservação do audiovisual mineiro, colocando em uma mesma direção ações diretas e dinâmicas com todos os atores atuantes.

Minas de Todas as Artes

O fomento da Codemig ao audiovisual integra o Minas de Todas as Artes – Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa. A iniciativa inédita e estratégica busca fomentar o desenvolvimento de novos negócios que gerem empregos, renda e riquezas para o estado.

Até o fim de 2018, serão investidos mais de R$ 50 milhões em iniciativas de fomento, fortalecimento e valorização de setores como gastronomia, audiovisual, design, moda, música e novas mídias.

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários