Governo de Minas Gerais abre inscrições para rodadas de negócio da Minas Gerais Audiovisual Expo

Estarão abertas de 29 de maio a 30 de junho as inscrições para as rodadas de negócio da edição 2018 da MAX — Minas Gerais Audiovisual Expo. Organizado pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas) e pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-MG), o evento será realizado de 28 de agosto a 1º de setembro em Belo Horizonte, reunindo salão de negócios, exibição de filmes e atividades de capacitação.

Em 2017, a MAX recebeu público de mais de 30 mil pessoas e promoveu mais de 450 encontros entre produtores, canais e distribuidoras, gerando expectativas de negócios superiores a R$ 380 milhões.

A edição de 2018 será ainda mais ambiciosa: o evento passa a ser realizado no Expominas Belo Horizonte, ocupando uma área seis vezes maior que nas edições anteriores, e permitirá a participação de empresas de diversos segmentos do audiovisual com estandes próprios. Outros espaços da cidade, como a Praça da Estação e o Museu de Artes e Ofícios, também irão receber atividades.

O conceito do evento, “Indústria Audiovisual 360”, reflete a preocupação com uma programação diversa, contemplando e promovendo a integração de toda a cadeia produtiva do setor. Além de produtores, distribuidores e exibidores de conteúdo de cinema, televisão e internet, a MAX irá reunir desenvolvedores de jogos e profissionais de artes gráficas, música e publicidade.

As rodadas de negócios da MAX 2018 promoverão a comercialização de conteúdos audiovisuais de vários gêneros e formatos. Nos encontros, criadores poderão apresentar seus projetos a players do mercado brasileiro e internacional de mídia e entretenimento (canais de TV, mídias e plataformas digitais, distribuidoras, programadoras, coprodutoras, investidores, entre outros agentes do setor). As reuniões têm duração de 20 minutos.

Podem ser inscritos projetos de obras audiovisuais como longas-metragens, séries, programas de TV, documentários, reality shows, além de conteúdos de catálogo. Produtores audiovisuais com projetos inéditos e em desenvolvimento poderão ainda participar de sessões de pitching (apresentação sumária) que ocorrerão durante a MAX.

Cada ofertante poderá inscrever até três projetos e escolher até cinco players por projeto para os encontros. Os projetos inscritos serão pré-analisados pelas empresas investidoras, e as reuniões serão agendadas ao término do período de avaliações.

Ao fim de cada dia, serão promovidas ainda as agendas de relacionamento: momentos de confraternização para estimular o contato entre os participantes. Além dos selecionados para as rodadas de negócio, as agendas de relacionamento estarão abertas também a profissionais da música, design e publicidade.

Mais de 30 players já estão confirmados: Academia de Filmes, Arte 1, AXN, Canal Brasil, Cineart, CineBrasil TV, Curta!, Elo Company, Fashion TV, Giros, Glaz, Globo Minas, Globonews, GNT, H2O Films, Investimage, Mais Globosat, Music Box, Nat Geo, Nat Geo Kids, O2 Play, Panorâmica, Prime Box, Rede Minas, Sony, Telecine, Travel Box, TV Brasil, TV Cultura, TV RaTimBum, Videocamp, Woohoo e Zoomoo.

Para participar, profissionais e empresas ofertantes de conteúdo devem acessar o site www.minasgeraisaudiovisualexpo.com.br e preencher o formulário, disponível na aba Rodadas de Negócios. As inscrições ocorrem de 29 de maio a 30 de junho de 2018.

MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo

A MAX é um dos maiores eventos de fomento ao audiovisual do País e, já em sua primeira edição, em 2016, consolidou-se como referência para os profissionais de mídia e entretenimento do Brasil. Além da feira, das rodadas de negócios e dos painéis de capacitação, a MAX realiza ainda uma mostra de cinema aberta ao público na Praça da Estação. O objetivo da MAX é ser uma vitrine dos avanços do setor audiovisual mineiro, fortalecendo toda a cadeia produtiva do setor e ampliando a competitividade das iniciativas dos profissionais de Minas Gerais.

*Com informações da Agência Minas.

LEIA MAIS

Comentários