Galo Futebol Feminino é destaque no Mulhere-se, da Rede Minas, na quarta-feira

Programa da Rede Minas que trata sobre a sociedade feminina acompanha a rotina das jogadoras que escolheram as chuteiras como profissão

“Lutamos com muita raça e amor”. O hino atleticano parece ter sido composto para as jogadoras do clube que superam desafios todos os dias para garantir medalhas e o respeito torcida. Esse é o Galo Futebol Feminino, time que voltou a campo há pouco mais de um ano e já conquistou o título da Copa BH, de 2019. O Mulhere-se, da Rede Minas, acompanhou a rotina das jogadoras e mostra, no programa de quarta-feira, 22 de janeiro, as apaixonadas pela bola que conseguiram tornar o difícil sonho uma profissão.

O time conta com cerca de 25 jogadoras e uma equipe técnica composta por profissionais como preparador físico, massagista e até coach de comportamento. Elas treinam diariamente no mesmo local onde a equipe masculina se prepara. O investimento é para garantir que as atleticanas colecionem títulos, garantam uma posição na série A1 e, principalmente, fazer com que o futebol comandado por elas tenham uma posição mais valorizada na sociedade. “Espero que a gente cresça ainda mais e que possa alcançar um patamar muito grande no futebol”, declara com otimismo a atacante Isadora Casagrande.

O desafio atrás de uma vaga não é o único. No programa, o público confere os depoimentos das jogadoras que falam sobre o preconceito, a falta de apoio mas, também, as conquistas. “A gente luta o tempo todo para mostrar isso para as pessoas”, diz a volante Karol Arcanjo. A coordenadora Nina Abreu também conta, no programa, sobre a equipe e como o futebol feminino é visto hoje, as mudanças que as garotas já conquistaram e como tem sido o trabalho para tornar os gramados vitrines para essas craques.

Essas são algumas das novidades da equipe feminina do Atlético Mineiro que o público confere no próximo episódio do Mulhere-se, de quarta, às 20h30, pela Rede Minas.

Sobre o Mulhre-se

Conduzido por Sara Silva Ribeiro, o programa Mulhere-se se destacou por dar voz à  sociedade feminina e foi ganhador do prêmio internacional no Festival Iberoamericano da Cultura Viva, em 2017, e o prêmio Mineiro de Direitos Humanos, no mesmo ano.

A 6ª temporada do Mulhere-se, “Esquema tático”, vai ao ar, às quartas, pela Rede Minas.

SERVIÇO

Mulhere-se — 6ª temporada “Esquema tático”
3º episódio: “Preparação Física”, com o Galo Futebol Feminino, quarta-feira, 22 de janeiro, às 20h30
Obs.: o terceiro episódio, “Ataque – Defesa”, vai ao ar dia 29/01,  com jornalistas esportivas.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Rede Minas.

LEIA MAIS

Comentários