Filme brasileiro de suspense promete surpreender

O filme brasileiro “O Juízo”, com estreia marcada para o dia 5 de dezembro, conta a história de uma família atormentada por ancestrais mortos que estão em busca de vingança.

Apesar da temática de assombrações, não se trata de um filme de terror. Escrito por Fernanda Torres e dirigido por Andrucha Waddington, o longa usa o sobrenatural como plano de fundo para discutir situações dramáticas e familiares. Por isso, a obra agrada quem não gosta de levar susto, mas curte um suspense.

O enredo conta de Augusto Menezes (Felipe Camargo), um alcoólatra agressivo e manipulador que vive uma crise no casamento com sua esposa, Tereza (Carol Castro). Após perder o emprego, ele convence Tereza e seu filho, Marinho (Joaquim Torres Waddington), a passar um ano em uma fazenda que herdou do avô. O que ninguém sabe é que a casa é assombrada pelos escravos Couraça (Criolo) e Ana (Kênia Bárbara), que buscam acertar uma dívida que os antepassados de Menezes tinham com eles.

A família inteira passa a ser atormentada pelos espíritos. Marinho é o mais afetado: um dia, andando pela floresta, ele cai nas pedras de um rio e fica desaparecido por um tempo. Preocupados e igualmente atormentados, os pais do garoto mergulham em uma relação cada vez mais conflituosa.

A trama ainda conta com a participação luxuosa de Fernanda Montenegro, que interpreta a médium Marta Amarantes, responsável por dialogar com as assombrações. O elenco também tem o ator Lima Duarte como o joalheiro Costa Breves, e Fernando Eiras, que interpreta o cético Doutor Lauro, psiquiatra que tem informações preciosas sobre o passado de Menezes.

O Juízo” leva aos cinemas uma história bem dramática, com cenários pálidos e escuros que transmitem a agonia dos personagens. É um filme que nos leva a refletir o quanto o cinema brasileiro vem avançando em produções desse tipo. Confira o trailer:

 

Comentários