Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum anuncia os filmes selecionados para sua 31ª edição

São 170 títulos representando 39 países. Desses, 80 curtas integram a seleção brasileira. O evento acontece este ano em formato on-line, via plataformas digitais, estando disponível em todo o território brasileiro. A programação é gratuita e ocorre entre 20 a 30 de agosto

O Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum anuncia a relação dos filmes selecionados entre os inscritos para sua 31a edição, agendado para o período de 20 a 30 de agosto. Com todas as atividades gratuitas, o evento acontece de forma on-line, via plataformas virtuais, sendo acessível em todo o território brasileiro. No total, são 170 curtas-metragens, representando 39 países. Eles foram escolhidos a partir de 3.056 inscrições, vindas de cinco continentes. A produção de brasileiros responde por 80 títulos.

Os filmes selecionados fazem parte das mostras internacional, latino-americana, brasileira, infantojuvenil, oficinas de realização audiovisual e Limite, além de programas especiais. Os filmes convidados, os encontros, debates e as diversas atividades paralelas serão anunciados em breve, juntamente com a programação completa do 31º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum.

O comitê de visionamento da Mostra Internacional foi composto por Anne Fryszman, Beth Sá Freire, Andrea Cals, Caetano Simões, Christian Saghaard, Duda Leite, Fernanda Ramos, Joana Rochadel, Julia Lelli, Liciane Mamede, Marcela Lordy, Marcio Miranda Perez, Sofia Wickerhauser e Tiago Minamisawa.

Já para a Mostra Latino-Americana, responderam pelo visionamento Joana Rochadel, Marcela Lordy e Marcio Miranda Perez. Diogo Leite, Erika Fromm, Julia Katharine, Márcia Vaz, Pedro Tinen, Pither Lopes e Renato Nery integraram o comitê de visionamento dos Programas Brasileiros.

O processo de seleção contou ainda com a colaboração dos seguintes participantes do Visionamento em Curso, um projeto da Associação Kinoforum voltado a estudantes de cursos universitários: Bruna Vilela, Danilo Craveiro, Gabriela Dias, Giovanna Palanga, Gustavo Maan, Julia Ribeiro, Lais Sambugaro, Léo Passeti, Luis Henrique dos Santos, Nayla Guerra, Tomás Fernandes, Vitor de Oliveira e Ygor Damasceno.

Criado em 1990, o Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum é um dos maiores e mais tradicionais eventos dedicados ao formato do curta-metragem no mundo.  Dirigido pela produtora cultural Zita Carvalhosa, o festival é organizado pela Associação Cultural Kinoforum, entidade sem fins lucrativos que realiza atividades e projetos, e apoia o desenvolvimento da linguagem e da produção cinematográfica com destaque para a promoção do audiovisual brasileiro.

SERVIÇO

31º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo – Curta Kinoforum On-Line
Programação: 20 a 30 de de agosto de 2020, com acesso gratuito e online, via plataformas digitais
Realização: Associação Cultural Kinoforum
Correalização: Sesc SP, Museu da Imagem e do Som

Informações:

Filmes selecionados entre as inscrições em 2020

Brasil 

  • “63 Dias” – Jennifer Barros, Lucas Lunguinho e Hugo Vieira (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “A Maior Massa de Granito do Mundo” – Luis Labaki (Brasil-SP) – Mostra Limite
  • “A Morte Branca do Feiticeiro Negro” – Rodrigo Ribeiro (Brasil-SC) – Mostra Competitiva
  • “A Vapor” – Sávio Fernandes (Brasil-CE) – Mostra Brasil
  • “ALTCELL” – Matheus Galvão e Erick Fischer Guimarães (Brasil-RJ) – Programas Especiais
  • “Andorinha” – Clara Braem (Brasil (RJ) – Programas Especiais
  • “Antonieta” – Flávia Person (Brasil-SC) – Programas Especiais
  • “As Ferramentas” – Carolina Sardinha e Felipe Marques (Brasil-RJ) – Programas Especiais
  • “Agahü: O Sal do Xingu” – Takumã Kuikuro (Brasil-SC) – Mostra Brasil
  • “Agora” – Coletivo Narrativas de Classe (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Alfazema” – Sabrina Fidalgo (Brasil-RJ) – Mostra Brasil
  • “Aos Cuidados Dela” – Marcos Yoshi (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Àprova” – Natasha Rodrigues (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Barbie & Bob” – Raissa Gregori (Brasil-DF) – Mostra Brasil
  • “Brilha” – Isadora Polatscheck (Brasil-MG) – Programas Especiais
  • “Câmera de Casal” – Juan Cassiano e Patrick Andrade, Brasil (SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Calmaria” – Leonardo Cata Preta (Brasil-MG) – Mostra Brasil
  • “Caminhos Esquecidos” – Fernanda de Campos, Gabriel Higa, Ingrid Novak, Wesley Gabriel e Wesley Silva (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Cão Maior” – Filipe Alves (Brasil-DF) – Mostra Brasil
  • “Carne” – Camila Kater (Brasil-SP//Espanha) – Mostra Competitiva
  • “Cine América” – Mariana Paschoal (Brasil-SP/Colômbia/Peru) Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Cinema Contemporâneo” – Felipe André Silva (Brasil-PE) – Mostra Brasil
  • “Cogumelo” – Matheus Américo (Brasil-RJ) – Programas Especiais
  • “Construção” – Leonardo Santos Rosa (Brasil-RS) – Mostra Competitiva
  • “Contos da Família Pu” – Pedro Nishi (Brasil- SP/China) – Mostra Competitiva
  • “Correntes” – Charles dos Santos (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Derivada” María Campaña Ramia (Brasil-RJ) – Programas Especiais
  • “Desertrto Estrangeiro” – Davi Pretto (Brasil-RS/Alemanha) – Programas Especiais
  • “Difíci é Não Brincar” – Papoula Bicalho (Brasil-MG) – Mostra Infantojuvenil
  • “Egum” – Yuri Costa (Brasil-RJ) – Mostra Brasil
  • “Entre Cantos e Cacos” – Teo Sabadin (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Entre Nós e o Mundo” – Fábio Rodrigo (Brasil-SP) – Mostra Competitiva
  • “Estamos Todos na Sarjeta, Mas Alguns de Nós Olham as Estrelas” – Sergio Silva e João Marcos de Almeida (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Eu Sou e Serei o Que Eu Quiser Ser” – Alice Carolina, Ederson Murata, Leocardio Oliveira, Leticia Alves, Paulo Brandão e Vinicius Gomes (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Extratos” – Sinai Sganzerla (Brasil-SP) – Mostra Competitiva
  • “Fermento” – Carlos Eduardo Ceccon (Brasil-SC) – Mostra Infantojuvenil
  • “Ilhas de Calor” – Ulisses Arthur Macedo (Brasil-AL) – Mostra Brasil
  • “In Memoriam – O Roteiro do Gravador” – Sylvio Lanna (Brasil-RJ) – Mostra Brasil
  • “Inabitável” – Anderson Bardot (Brasil-ES) – Mostra Competitiva
  • “Inabitável” – Matheus Farias e Enock Carvalho (Brasil-PE) – Mostra Competitiva
  • “Lampejo” – David Llinin e Pedro Henrique Cordeiro (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Lazarus” – Anderson Virino, Guilherme Vinicius e Victor de Souza (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “Lirio Vermelho” – Larissa Andrade (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Linha” – Francisco Lira (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “Lora” – Mari Moraga (Brasil-SP/Portugal) – Mostra Brasil
  • “Lugar Algum” – Gabriel Amaral (Brasil- Mostra Brasil
  • “Manaus Hot City” – Rafael Ramos (Brasil-AM) – Mostra Brasil
  • “Mätänäg, a Encantada” – Shawara Maxakali e Charles Bicalho, Brasil (MG) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Meninos Rimam” – Lucas Nunes (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Mortos de Fome” – Gabriela Diniz, Arthur Novaes e Pedro Nunes (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “Não Partimos” – Fabiana Barbosa, Henrikecido Bento, Rodrigo Plasma e Valoli Vieira (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Noite Fria” – Priscila Nascimento (Brasil-PE) – Mostra Brasil
  • “Nuance” – Flávia Duarte (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “O Colírio do Corman Ne Deixou Doido Demais” – Ivan Cardoso (Brasil-RJ) – Mostra Limite
  • “Ocupa” – Juliana Pfeifer (Brasil-SP) – Mostra Infantojuvenil
  • “O Jardim Fantástico” – Fábio Baldo e Tico Dias (Brasil-SP) – Mostra Competitiva
  • “O Nosso Amor Vai Embora” – Mariana Lacerda e Claudia Priscilla (Brasil-PE) – Mostra Competitiva
  • “O Que Pode Um Corpo?” – Victor Di Marco e Márcio Picoli (Brasil-RS) – Mostra Brasil
  • “O Tambor Me Chamou” – Marcio Cruz (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “O Verbo Se Faz Carne” – Ziel Karapotó (Brasil-PE) – Mostra Brasil
  • “Paloma”- Alex Reis (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “Pátria” – Sunny Yasmin Maia Oliveira e Lívia Pereira da Costa (Brasil-CE) – Mostra Brasil
  • “Perifericu” – Nay Mendl, Vita Pereira, Rosa Caldeira e Stheffany Fernanda (Brasil-SP) – Mostra Competitiva
  • “Portugal Pequeno” – Victor Quintanilha Moura Dias, Brasil (RJ) – Mostra Infantojuvenil
  • “Público ou Privado” – Carolina Paris, Fernanda Souza e Rafis Martins (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Receita de Caranguejo” – Issis Valenzuela, Brasil (SP) – Mostra Competitiva
  • “Rosa” – Matheus Leite Pereira (Brasil-MG) – Programas Especiais
  • “Sábado Não é Dia de Ir Embora” – Luísa Giesteira (Brasil-RJ) – Mostra Brasil
  • “Shunkan” – Ricardo Albuquerque (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “T.O.C.” – Cinthia Murata, Edson Murata, Elizeu Rodrigues e Karoline Dutra (Brasil-SP) – Oficinas de Realização Audiovisual
  • “Tandem” – Vivian Altman (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Tecendo a Manhã” – Alice Andreoli Hirata (Brasil-SP) – Mostra Infantojuvenil
  • “Tesourinho” – Bruna Nery (Brasil-RS) – Programas Especiais
  • “Trincheira” – Paulo Silver (Brasil-AL) – Mostra Infantojuvenil
  • “Tuã Ingugu [Olhos d’Água]” – Daniela Thomas (Brasil-RJ/Itália/Suíça) – Mostra Brasil
  • “Um Conto do Nada: Circo” – DanSP e Heitor Lyra (Brasil-SP) – Programas Especiais
  • “Vai Melhorar” – Pedro Fiuza (Brasil-RN) – Mostra Brasil
  • “Veronica” – Talita Caselato (Brasil-SP) – Mostra Brasil
  • “Vitória” – Ricardo Alves (Brasil-(MG) – Mostra Brasil
  • “Viva Alfredinho” – Roberto Berliner (Brasil-RJ) – Mostra Brasil

América Latina

  • “A Boca do Diabo” – Gabriela García Rivas (“La Boca del Diablo”, México) – Mostra Latino-Americana
  • “A Noite Desbarata Minhas Sombras” – Luis Esguerra Cifuentes (“La Noche Desbarata Mis Sombras”, Colômbia) – Mostra Limite
  • “A Ponte das Crianças Travessas” – Fabián León López (“El Puente de los Niños Traviesos”, México) – Mostra Latino-Americana
  • “A Travessia” – Otávio Almeida (“La Travesia”, Cuba) – Mostra Limite
  • “As Partículas” – Malena Vain (“Las Particulas”, Argentina) – Mostra Latino-Americana
  • “Cachera” – Felipe Holguin Caro (“La Cachera”, Colômbia) – Mostra Latino-Americana
  • “Eclosão” – Rita Basulto (“Eclosión”, México) – Mostra Latino-Americana
  • “El Remanso” – Sebastián Valencia Muñoz (Colômbia) – Mostra Latino-Americana
  • “Febre Austral” – Thomas Woodroffe (“Fiebre Austral”, Chile) – Mostra Latino-Americana
  • “Garganta” – Mauricio Maldonado (“Las Fauces”, Colômbia) – Mostra Latino-Americana
  • “HH” – Julián Setton (Argentina) – Mostra Latino-Americana
  • “Kini” – Hernán Olivera (Uruguai) – Mostra Latino-Americana
  • “La Mamita” – Laura Donoso (Chile) – Mostra Latino-Americana
  • “Mãe Chuva” – Alberto Flores Vilca (“Mamapara (Madre Lluvia)”, Peru/Bolívia/Argentina – Mostra Latino-Americana
  • “Na Praça Escura” – Nicolás Schujman (“Em La Plaza Oscura”, Argentina) – Programas Especiais
  • “O Beijo” – Alexa Centurión (“El B(eso)”, Peru) – Mostra Infantojuvenil
  • “O Clube” – Emiliano Martinez (“El Club”, Argentina) – Mostra Infantojuvenil
  • “Os Anéis da Serpente” – Edison Cájas (“Los Anillos de la Serpiente”, Chile) – Mostra Latino-Americana
  • “S.O.S.” – Ángela Tobón Ospina (Colômbia) – Mostra Latino-Americana
  • “Sol de Planície” – Manuela Irene Espitia (“Sol de Llano”, Colômbia/México) – Mostra Latino-Americana

Internacionais

  • “A Pequena Alma” – Barbara Rupik (“Duszyczka”, Polônia) – Mostra Internacional
  • “A Queda” – Jonathan Glazer (“The Fall”, Reino Unido/Estados Unidos) – Mostra Internacional
  • “A Vida Continua” – Henry K. Norvalls (“Life Goes On”, Noruega) – Mostra Internacional
  • “Ainda em Funcionamento” – Julietta Korbel  (“Still Working”, Suíça) – Mostra Internacional
  • “Algo Para Lembrar” – Niki Lindroth von Bahr (“Något Att Minnas”, Suécia) – Mostra Internacional
  • “Altas Horas” – Nelson Makengo (“Nuit Debout” (República Democrática do Congo/Bélgica) – Programas Especiais
  • “As Calças de Pushkin” – Lev Brodinsky (“Pushkin’s Pants”, Israel – Mostra Internacional
  • “Ascona” – Julius Dommer, Alemanha – Mostra Internacional
  • “Assônico” – Vivian Ostrovsky (“Unsound”, Estados Unidos) – Mostra Limite
  • “Bablinga” – Fabien Dao (França) – Programas Especiais
  • “Baleias não Nadam” – Matthieu Ruyssen (“Les Baleines ne Savent Pas Nager”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Boa Noite” – Anthony Nti  (“Da Yie”, Bélgica) – Mostra Internacional
  • “Buck” – Anne Cissé (França) – Mostra Internacional
  • “Campo de Batalha” – Jannis Lenz (“Battlefield”, Áustria/Alemanha) – Mostra Internacional
  • “Campo de Marte” – Rokhaya Marieme Balde (“Champ de Mars”, Suíça) – Mostra Internacional
  • “Catiorros” – Halima Ouardiri (“Clebs”, Canadá/Marrocos) – Mostra Internacional
  • “Cobertor” – Marina Moshkova (Odeyalko”, Rússia) – Mostra Infantojuvenil
  • “Como Preparar Ramyun” – Ji Su Kang-Gatto (“How to Cook Ramyun”, Alemanha) – Programas Especiais
  • “Como Preparar Yachaejuk” – Ji Su Kang-Gatto (“How to Cook Yachaejuk”, Alemanha) Mostra Internacional
  • “Corpos Flexíveis” – Louis Fried (“Flexible Bodies”, Alemanha) – Mostra Limite
  • “Corredores do Deserto” – Aleksandar Vuksanovic (“Desert Racers”, Austrália) – Mostra Infantojuvenil
  • “Cuidado com o Lobo” – Nicolas Bianco-Levrin, Julie Rembauville (“Attention au Loup!”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Daniel” – Claire van Beek (Nova Zelândia) – Mostra Internacional
  • “Dentes de Leite” – Felipe Vargas  (“Milk Teeth”, Estados Unidos) – Mostra Internacional
  • “Diário do Vale Luminoso” – Michael Rubin  (“Clear Valley Report”, Estados Unidos) – Mostra Internacional
  • “Diferente” – Lucie Amherdt (“Different”, França) – Mostra Internacional
  • “E Daí, Se o Rebanho Morrer?” – Sofia Alaoui (“Qu’importe si Les Bêtes Meurent”, França/Marrocos) – Mostra Internacional
  • “Ele Não Consegue Viver Sem Cosmos” – Konstantin Bronzit (“My ne Mozhem Zhit bez Kosmosa”, Rússia) – Mostra Internacional
  • “Embaixadas Silenciosas” – Daniel Höpfner (“Botschaften”, Alemanha) – Mostra Limite
  • “Estações Instáveis” – Florian Goralsky (“Saisons Instables”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Fim de Semana” – Ario Motevaghe (“Weekend”, Irã) – Mostra Internacional
  • “Formas Concretas de Resistência” – Nick Jordan (“Concrete Forms of Resistance”, Reino Unido) – Mostra Limite
  • “Gelo na Água” – Mathieu Barbe, Damien Desvignes e Victor Hayé (“Glace a l’Eau”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Homem de Alumínio” – Krista Werner (“Foil Man”, Austrália) – Mostra Internacional
  • “Invisíveis” – Joel Haikali (“Invisibles – Kaunapawa”, Namíbia) – Mostra Internacional
  • “Jack” – Faiyaz Jafri (Estados Unidos) – Mostra Internacional
  • “Kallima” – Ashkan Ahmadi (Irã) – Mostra Infantojuvenil
  • “Ligue Depois da Meia-Noite” – Sabrina Tenfiche (“Sonnez Apres Minuit”, França) – Programas Especiais
  • “Mensch Maschine ou Reunindo as Peças” – Adina Camhy (“Mensch Maschine or Putting Parts Together”, Áustria) – Mostra Limite
  • “Meu Avô Conhece o King Kong” – Miguel Sáez Plaza (“Mi Abuelo Conoce a King Kong”, Espanha) – Mostra Infantojuvenil
  • “Meu Corpo Vive por Você” – Anna-Claria Ostasenko Bogdanoff (“Mon Corps Livre pour Vous”, França) – Mostra Limite
  • “Mothers” – Hippolyte Leibovici (Bélgica) – Mostra Internacional
  • “Na Companhia de Insetos” – Duncan Cowles (“In the Company of Insects”, Reino Unido) – Mostra Limite
  • “Nimic” – Yorgos Lanthimos (Alemanha) – Mostra Internacional
  • “Nunca Olhe Para o Sol” – Baloji (“Never Look at The Sun”, França) – Programas Especiais
  • “O Amante de Manila” – Johanna Pyykkö  (“The Manila Lover”, Noruega/Filipinas) – Mostra Internacional
  • “O Bolo de Casamento” – Monica Mazzitelli (“The Wedding Cake”, Suécia) – Mostra Internacional
  • “O Inferno e Tal” – Enrique Buleo (“El Infierno y Tal”, Espanha) – Mostra Internacional
  • “O Mundo de Dalia” – Javier Navarro Aviles (“Le Monde de Dalia”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “O Outro” – Saman Hosseinpuor e Ako Zandkarimi (“Digari”, Irã/India) – Mostra Internacional
  • “O Penacho da Noite na Ópera” – Lanyibo Dong, Wenpei Song, Oriane Thibault, Audrey Von Hatten e Christine Zheng (“Opera Night Feather”, França) – Mostra Infantojuvenil
  • “O Portão de Ceuta” – Randa Maroufi (“Bab Sebta”, França/Marrocos) – Mostra Limite
  • “O Teste” – Philipp Christopher (“Der Test”, Alemanha) – Programas Especiais
  • “Olá, África” – Hasan Serin (“Hello Afrika”, Turquia) – Mostra Internacional
  • “Os Heróis que Ficam em Casa” – Todor Nikolov (“The Stay-at-Home Heroes”, Bulgaria) – Mostra Infantojuvenil
  • “Padrões Distópicos” – Isabelle Nouzha  (“Dystopian Patterns”, Bélgica) – Mostra Internacional
  • “Paola Faz Um Pedido” – Zhannat Alshanova  (“Paola Makes a Wish”, Casaquistão/Suiça) – Mostra Internacional
  • “Paralelas Seriais” – Max Hattler  (“Serial Parallels”, Hong Kong/Alemanha) – Mostra Limite
  • “Polvo” – Engin Erden (“Ahtapot”, Turquia) – Mostra Internacional
  • “Preto e Branco” – Jesús Pérez e Gerd Gockell (“Black & White”, Suíça/Alemanha) – Mostra Infantojuvenil
  • “Primeiro Amor” – Haris Raftogiannis (“Premier Amour”, França/Grécia) – Mostra Internacional
  • “Querida” – Saim Sadiq (“Darling”, Paquistão/Estados Unidos) – Mostra Internacional
  • “Rehab” – Pierre B (Reino Unido/França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Superbot” – Emmanuel Pierrat, Pierre-André Fontaine e Rémy Leroy (França) – Mostra Infantojuvenil
  • “Terminal” – Kim Allamand (Suíça) – Mostra Internacional
  • “Tryphon & Pharaïlde” – Casimir Verstraete e Edgar Verstraete (França) – Mostra Internacional
  • “Um Mundo Mais Humano” – Gavin Hipkins ((“A More Human World”, Nova Zelândia/Bélgica) – Mostra Internacional
  • “Uma Estudante” – Mi-ji Lee (“A Student”, Coreia do Sul) – Mostra Internacional
  • “Virago” – Kerli Kirch Schneider (Estônia) – Mostra Internacional
  • “W” – Stelios Koupetoris (Grécia) – Mostra Internacional

LEIA MAIS

 

Comentários