Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana oferece mais de 800 vagas em oficinas

As inscrições poderão ser feitas pelo site do evento.

Tradicionalmente, as oficinas são atividades de destaque do Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes. Elas se sobressaem como uma possibilidade do contato com as diversas formas do fazer artístico e educacional e são voltadas tanto para iniciantes como para pessoas que já tenham experiência.

Neste ano, são disponibilizadas mais de 800 vagas em oficinas das curadorias de Artes Cênicas, Música, Patrimônio, Artes Plásticas e Infantojuvenil, além das atividades ligadas a Tradições Populares e pelas ações Caravana Festival e Potência Periferia.

Em Mariana, o destaque fica por conta das oficinas de Artes Cênicas O grito do corpo nas ruas que falam, ministrada por Eduardo Batista, e Mariana Olhares (Im)Possíveis, por André Nascimento e Arthur Medrado. Na mesma curadoria, ainda serão oferecidas as oficinas Práticas de criação e videodança: uma introdução, por Leonel Brum e Andréa Bergallo Snizek; Commedia dell´Arte: a escola do ator, com Frederick Magalhães Hunzicker; Como produzir para si um Corpo desembestado?, por Matheus Silva; O que pode o encontro? – um exercício coletivo e expandido de criação, de Flaviane Magalhães; e Musicalização corporal: um encontro entre dança e música, com Jussara Braga Bastos.

Análise e improvisaçãoTrilogia dos tambores brasileiros; Canto Popular – Samba e Choro; e Musicalização na escola – Uma análise Sensorial são as oficinas da Curadoria de Música. Já nas Artes Plásticas, a Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), responsável por essa curadoria, ministra as oficinas Tropicaluras: Gravuras tropicais; Ateliê Aberto de Serigrafia; Apropriação e Criação: arte em trânsito, transição e transposição; Colódio Úmido – Uma Experiência Visual; e Estética barroca e desdobramentos contemporâneos no desenho.

Duas atividades marcam o âmbito do Patrimônio: Nas veias de Ouro Preto, com Lucas Gontijo de Godoy, André Castanheira Maia e Marcello Baia Nicolato; e Cidade, memória, afetos e afetações, por José Márcio Barros. O público infantojuvenil também tem espaço no Festival de Inverno, com cinco oficinas: O que você quer saber sobre o corpo humano?Criando com sombrasUma dança para vocêLudi-Cidade: o lúdico no espaço urbano; e Ouro Preto – Paisagens psicodélicas.

Com a temática das Tradições Populares, o Festival ministra seis oficinas, como técnicas especiais de artesanato, ritmos e poesias e atividades com o Zé Pereira do Club dos Lacaios. No Complexo da Juventude e na Ocupação Chico Rei, Potência da Periferia oferece 15 oficinas.

Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes 2018 ocorre de 6 a 22 de julho, sendo uma realização da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), em parceria com a Fundação Educativa Ouro Preto (Feop) e as Prefeituras de Ouro Preto e João Monlevade. Mais informações estarão disponíveis nos sites www.ufop.br e www.festivaldeinverno.ufop.br.

SERVIÇO

Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana – Fórum das Artes 2018

Oficinas
Ouro Preto e Mariana
6 a 22 de julho
Vasta programação gratuita ou a preços módicos (R$10)

Festival de Inverno – Fórum das Artes 2018 – João Monlevade
9 a 14 de julho

LEIA MAIS

Comentários