Festival de Inverno de Itabira abre sua 44ª edição neste final de semana com Cia. Mimulus de Dança, grupo Boca Livre e outras atrações

De 20 a 29 de julho, a arte e cultura tomam conta de Itabira. Com o tema “Movimentos”, a 44ª edição do Festival de Inverno tem uma programação pensada para mobilizar, instigar e inspirar os expectadores. Logo em seu primeiro final de semana, o evento traz as apresentações da Cia. Mimulus de Dança, da banda Boca Livre, de Júlio Ramirez e Grupo Latinamérica, dentre outras atrações.

Na sexta-feira, 20, a programação se inicia com a exposição “Testemunha da Experiência Humana”, que lança um olhar sobre a vida e obra do poeta e cronista itabirano Carlos Drummond de Andrade. A mostra é uma parceria entre a Fundação Banco do Brasil, Petrobrás e Associação de Amigos da Casa Rui Barbosa e poderá ser conferida de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Galeria da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA).

Mais tarde, às 20h, a Cia. Mimulus de Dança sobe ao palco do Teatro da FCCDA para o espetáculo “Pretérito Imperfeito”. A performance, que faz alusão ao tempo verbal, busca enfatizar a ideia de que as lembranças do passado se reverberam no presente. Para assistir a apresentação é necessário trocar os ingressos no Centro Cultural, das 8h às 18h, por um livro infantil ou infanto-juvenil. A classificação é livre.

No sábado, 21, a programação é mais extensa. A Fazenda do Pontal recebe a exposição “Raízes Afro-Mineiras – Tambores no Mundo e o Congado de Itabira”, que tem curadoria de Mônica Jorge, Stael Azevedo e Simão Kursseldorf. A mostra, que tem entrada gratuita, fica aberta ao público até o dia 31 de agosto e pode ser conferida de terça a sexta-feira, das 8h às 18h, e sábados e domingos, das 10h30 às 16h30.

No bairro Pedreira do Instituto, às 17h, será a vez do cinema. A primeira exibição será do curta-metragem “Parcialmente Nublado”, do diretor Peter Soln, que retrata Gus, uma nuvem cinza, solitária e insegura que é mestre em criar bebês perigosos, como crocodilos e animais com chifres, que dão trabalho à cegonha Peck.

Em seguida, o público assistirá a animação ganhadora do Oscar “Viva, a Vida é uma Festa”, do diretor Lee Unkrich, que conta a história de Miguel, um menino de 12 anos que sonha em ser um músico famoso, mas enfrenta a resistência da sua família.

Aproveitando as festividades juninas, o Parque da Água Santa, no Centro da cidade, recebe, às 18h, o Campeonato de Quadrilha “Jovens em Ação”.

Fechando o sábado, a Concha Acústica sedia a abertura oficial do Festival de Inverno de Itabira. A festa começa às 19h, com a apresentação do música Saulo, que recebe uma série de convidados. Logo depois, a Equipe Mineira de Ginástica Rítmica mostra toda a sua desenvoltura ao misturar esporte, dança e música.

Mais tarde, às 20h30, o violonista espanhol Júlio Ramirez, que tocou com Paco de Lucia, e o Grupo Latinamérica apresentam um repertório com flamenco, bolero, salsa e outros ritmos. A noite será encerrada com o show “Viola de Bem-Querer – Boca Livre 40 Anos”, que traz aos palcos itabiranos a icônica banda brasileira, dona de uma assinatura única no cancioneiro nacional. Os ingressos para a abertura oficial do Festival de Inverno devem ser retirados no Centro Cultural.

Para fechar o primeiro final de semana, o Memorial Carlos Drummond de Andrade recebe no domingo, 22, uma programação que promete agradar pais e filhos. As atividades começam às 9h, com uma intervenção com bolhas de sabão gigantes, e segue com contação de história (“Floresta Encantada”) e a Ocupação Altamente, que trará uma tarde de vivência musical, performances circenses, jogos de improvisação, dentre outras brincadeiras.

Com duas sessões, às 15h e às 17h, o Teatro da FCCDA recebe o espetáculo infantil “O Fantástico Circo de Papel”. A peça conta a história do Apresentador Fiorini, que enfrentará as inimigas traças para proteger o Circo de Papel. Para assistir a apresentação é necessário trocar os ingressos no Centro Cultural por um livro infantil ou infanto-juvenil. A classificação é livre.

A Igreja do Rosário recebe a última atração do domingo. Às 18h, o Quarteto Musik, acompanhado pelo cravista Antônio Carlos Magalhães, a soprano Liliane Maciel e a mezzo-soprano Jennifer Imanish, apresenta a célebre peça do barroco italiano “Stabat Mater”, de Pergolesi.

A programação do Festival de Inverno de Itabira segue durante toda a semana. Os dias e horários das atrações podem ser conferidas no site www.fccda.com.br.

O 44º Festival de Inverno de Itabira é uma realização da FCCDA e Prefeitura Municipal de Itabira (PMI), patrocinado pela Vale e copatrocinado pela Unimed Itabira. O evento conta com apoio cultural da SP Comunicação, Hotel Água Santa, Restaurante Chico Savassi, Premium Executive Hotel, Siella Digital Media, Varanda Churrascaria, Sóier Odontologia, Casarão Turismo, Fruto de Minas, Box Mineiro, Pizzaria Italiana, Bússola Sete e Senac Minas Gerais.

SERVIÇO

44º Festival de Inverno de Itabira – “Movimentos”
Data: 20 a 29 de julho
Local: Itabira, Minas Gerais
Programação gratuita
Outras informações pelo telefone (31) 3835-2152
Confira a programação completa no www.fccda.com.br

LEIA MAIS

Comentários