Festival Caminhos do Folk reúne nomes nacionais e internacionais em nova edição transmitida pela internet

Apresentações vão acontecer de 6 a 10 de maio, em lives efetuadas na página oficial do evento no Facebook

Criado em 2019 pelos músicos Hugo Oliveira e Lê Pacheco, do duo Feito Café, de Angra dos Reis, Rio de Janeiro, o festival Caminhos do Folk teve que se adequar ao importante período de isolamento social por conta do novo coronavírus (COVID-19) para oferecer uma nova edição do evento, que será transmitida pela internet com 15 artistas do Brasil e do mundo influenciados direta ou indiretamente pelo folk.

Marcado para acontecer de 6 a 10 de maio, sempre a partir das 21h30, com três shows diários de 20 minutos em transmissões “live” pela página oficial do evento no Facebook, o Caminhos do Folk também pegou novas estradas para tentar fornecer arte e entretenimento a um número ainda maior de pessoas.

Se o objetivo principal do evento era movimentar o cenário brasileiro voltado ao folk, juntando artistas num intercâmbio entre cidades e estados ligadas ao ‘Caminho do Ouro’, relacionado ao ciclo do valioso metal no Brasil, agora, todas as direções estão voltadas ao isolamento, para a proteção de todos em tempos de pandemia.

– Acreditamos na necessidade de ficar em casa nestes dias, embora a ansiedade e o medo insistam muitas vezes em nos acompanhar. Daí, para tentar ajudar aos outros com cultura e entretenimento, que também têm um papel fundamental na quarentena, decidimos criar a nova edição do festival, cujo lema pode ser resumido na hashtag #folkemcasa – explica o músico Hugo Oliveira, organizador do evento e membro do duo Feito Café.

O Caminhos do Folk – edição #folkemcasa vai contar com os shows nacionais de Pedro Vulpe (São Paulo), Lívia Mendes (Belém do Pará), Renato Caetano (Belo Horizonte), Alexandre Marchi (Rio de Janeiro), Luca Libre (Brasília), Santéro (Belo Horizonte), Versos Polaris (Belém do Pará), Paulo Garciia (Bragança Paulista), Daniel Cavalcanti (Angra dos Reis), Souza (Londrina), Pedro Nunes (Bragança Paulista) e dos duos Horses & Joy (São Paulo) e Feito Café (Angra dos Reis). Na ala internacional, vão participar o músico uruguaio Miguel Bestard, de Montevidéu, e a cantora e compositora norte-americana Esther Rose, natural de Detroit, Michigan.

– Estou muito animada para compartilhar minha música com um novo público em um novo país! Espero que tenhamos uma ótima conexão com a Internet para que a transmissão ao vivo aconteça perfeitamente – declara Esther, que em 2019 lançou seu segundo álbum solo, o elogiado “You Made It This Far” (Father/Daughter), e no mês passado, o single “Blue on Blue”, uma versão para uma canção do músico Nick Lowe.

Festival Caminhos do Folk – #folkemcasa

Quarta-feira, 6 de maio

  • 21h30 – Horses & Joy (São Paulo)
  • 21h50 – Daniel Cavalcanti (Angra dos Reis)
  • 22h10 – Versos Polaris (Belém do Pará)

Quinta-feira, 7 de maio

  • 21h30 – Luca Libre (Brasília)
  • 21h50 – Pedro Nunes (Bragança Paulista)
  • 22h10 – Renato Caetano (Belo Horizonte)

Sexta-feira, 8 de maio

  • 21h30 – Pedro Vulpe (São Paulo)
  • 21h50 – Santéro (Belo Horizonte)
  • 22h10 – Lívia Mendes (Belém do Pará)

 Sábado, 9 de maio

  • 21h30 – Souza (Londrina)
  • 21h50 – Paulo Garcia (Bragança Paulista)
  • 22h10 – Miguel Bestard (Montevidéu)

Domingo, 10 de maio

  • 21h30 – Feito Café (Angra dos Reis)
  • 21h50 – Alexandre Marchi (Rio de Janeiro)
  • 22h10 – Esther Rose (Detroit, Michigan)

SERVIÇO

Festival Caminhos do Folk – #folkemcasa
Data: 6 a 10 de maio de 2020
Horário: sempre a partir das 21h30
Local: página oficial @caminhosdofolk – transmissão live no Facebook

feed instagram and facebook

LEIA MAIS

Comentários