Fernanda Abreu, Iza, Badi Assad, Tiê, Maria Gadú e Filipe Catto participam do projeto “Feminino”, em Belo Horizonte

O Centro Cultural Banco de Brasil (CCBB), em Belo Horizonte, Minas Gerais, recebe entre os dias 18 a 20 de maio o projeto “Feminino”. O evento conta com artistas da música brasileira de diversos gêneros e origens, que se reúnem para cantar o feminino e a importância da sua força na sociedade.

“Feminino” traz três espetáculos ao CCBB – Belo Horizonte. O primeiro, em 18 de maio, reúne Filipe Catto e Maria Gadú, em um encontro marcado por contrastes que se complementam. O gaúcho Catto, de voz de timbre agudo e um trabalho com temática e letras incisivas, encontra a paulistana Gadú, que traz uma música de extrema delicadeza, nos temas e formatos, interpretada por sua voz forte.

Em seguida, no dia 19, duas cariocas. Fernanda Abreu, compositora e cantora, encontra a jovem Iza, revelação e sensação da música do Rio de Janeiro que está lançando seu primeiro disco. São artistas com discursos e projetos ao mesmo tempo próximos e contrastantes – gerações diferentes, vivências diversas em uma mesma cidade e a convergência no balanço pop.

O terceiro e último show traz, dia 20 de maio, um doce encontro: a violonista e cantora Badi Assad com a cantora e compositora Tiê. A delicadeza da performance das duas artistas se combina e se multiplica. Com quatro discos gravados, a paulistana Tiê segue carreira sólida; Badi, vinda de família musical, faz turnês internacionais e se dedica à experimentação de sons com o violão, a voz e o corpo.

O evento conta com curadoria e direção artística de NINAS.

Apresentações:

  • sexta-feira, 18 de maio, Filipe Catto convida Maria Gadú – 20h30
  • sábado, 19 de maio, Fernanda Abreu convida Iza – 20h30
  • domingo, 20 de maio, Badi Assad convida Tiê – 20h30

SERVIÇO

Feminino
Data e horário: sexta-feira, 18 de maio, sábado, 19, e domingo, 20, sempre às 20h30
Local: CCBB BH (Praça da Liberdade, 450, Funcionário, Belo Horizonte, Minas Gerais)
Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia)*

*Clientes Banco do Brasil pagam meia entrada.

LEIA MAIS

Comentários