FCCDA prorroga o prazo de inscrição para o 42º Festival de Inverno de Itabira

A Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade (FCCDA) prorrogou o prazo de inscrições para o 42º Festival de Inverno de Itabira. Anteriormente, as propostas deveriam ser enviadas até o dia 25 de março, mas, agora, o prazo foi estendido até o dia 12 de abril.

O evento, que em 2016 acontecerá entre os dias 3 e 24 de julho, reunirá propostas para oficinas, palestras, contação de histórias, performances poéticas, exposições de artes plásticas ou visuais, mostras de vídeos e cinema, lançamentos de livros, artes cênicas (dança, circo e teatro) e música (shows, recitais, concertos e outros).

O documento que estabelece as normas para a seleção das propostas já pode ser consultado pelos artistas. Para acessar o edital completo basta entrar no site oficial da FCCDA ou clicar aqui. As inscrições estão abertas para pessoas físicas ou jurídicas e podem ser feitas gratuitamente. Porém, servidores municipais, terceirizados ou que mantenham vínculo de trabalho com a FCCDA não podem participar das triagens.

Neste ano, o tema do 42º Festival de Inverno de Itabira será: “E se essa rua fosse minha?”. De acordo com o edital, essa temática foi pensada em observação aos movimentos culturais de rua, que vem crescendo no Brasil e reúne grande variedade de artistas. “A cultura de rua é aberta, pública e ‘de todos para todos’. É a cultura da ocupação dos espaços, da apropriação da cidade. É também a cultura do respeito e, acima de tudo, da resistência”, destaca um trecho do edital.

Com essa temática, a FCCDA pretende explorar produções de arte pouco vistas em Itabira e incentivar realizações artísticas que fujam dos espaços tradicionais e se mostrem mais acessíveis para a população. Assim, pretende estimular uma nova relação com a cidade, principalmente com a ocupação dos espaços públicos, seja por artistas ou pela própria população.

“A ideia é, além de reunir artistas que têm a rua como palco de sua arte e colocá-los sob os holofotes, atuando nos espaços públicos, vê-los também expondo o que fazem de melhor em teatros, galerias de arte, oficinas e palestras. Da mesma forma, o 42º Festival de Inverno de Itabira provoca os artistas brasileiros e propõe o movimento inverso: levar para a rua o que, inicialmente, não foi planejado para ela”, ressalta o edital do Festival de Inverno.

Comentários