Fazenda do Pontal recebe a exposição “Memorial Itinerante – Africanidades”

Na segunda-feira, 07 de novembro, Itabira recebe a exposição “Memorial Itinerante – Africanidades”. A abertura oficial aconteceu na Casa do Aprender – Fazenda do Pontal, onde a exposição gratuita permanece em exibição até o dia 09 de dezembro. O evento pretende ampliar a discussão e a reflexão a respeito das questões étnico-raciais, propondo ações de fortalecimento das identidades e apropriação das matrizes africanas presentes na sociedade brasileira.

A exposição é levada para cidades onde a Vale tem atuação. Em Itabira, chegou por meio da Casa do Aprender. A exposição temporária é composta por uma reprodução de seis ambientes do Memorial Vale que dialogam com a presença da cultura africana na formação de Minas Gerais. A iniciativa inclui exposições em painéis, equipamento audiovisual e peças de acervo, além de um programa de formação em relações étnico-raciais para profissionais da área de educação e cultura.

A mostra estará aberta à visitação de terça a sexta-feira, das 8h às 18h e sábados, domingos e feriados das 10h30 às 16h30.

05
A exposição pretende ampliar a discussão e a reflexão a respeito das questões étnico-raciais.

Projeto premiado

O projeto Memorial Itinerante recebeu o 1º lugar no edital de educação do Ibermuseus, que visa ampliar a capacidade educativa dos museus e do patrimônio cultural. O programa é uma iniciativa de cooperação e integração dos países ibero-americanos para o fomento e a articulação de políticas públicas para a área de museus e da museologia.

Além de Itabira, já receberam o projeto as cidades de São Gonçalo do Rio Abaixo, Rio Piracicaba e Barão de Cocais.

LEIA MAIS

Comentários