Exposição “Mineiridades”, do Memorial Vale, está em exibição na Fazenda do Pontal, em Itabira

Em 2016, o Memorial Minas Gerais Vale percorreu o interior do estado com a exposição itinerante “Africanidades”. A mostra propunha uma reflexão sobre as questões étnico-raciais. Para este ano, o museu decidiu levar o projeto “Mineiridades” para os municípios mineiros. Desde a segunda-feira, 6 de novembro, a Fazenda do Pontal, no bairro Campestre, em Itabira, recebe os trabalhos que traduzem parte da cultura mineira.

A exposição, que conta com entrada gratuita, está aberta ao público, de 9h às 18h, até o dia 8 de dezembro. A mostra, que também conta com atividades educativas e culturais, reproduz algumas salas do Memorial Minas Gerais Vale, como “Barroco Mineiro”, “Fazendas”, “Caminhos e Descaminhos” e “Jequitinhona”.

Por cada cidade que passar, a exposição “Mineiridades” também abordará aspectos próprios das localidades e a história de seus moradores. Além desses trabalhos, o projeto conta com um totem que permite uma visita virtual ao acervo completo do museu, que fica na capital mineira, Belo Horizonte.

A exposição já passou por Itabirito, Nova Lima, Congonhas, Ouro Preto e Brumadinho. Depois de Itabira, a mostra seguirá para Santa Bárbara, onde se encerra o projeto itinerante se encerra.

Sobre o Memorial Minas Gerais Vale

O Memorial Minas Gerais Vale é resultado da parceria entre a Vale, a Fundação Vale e o Governo de Minas e funciona no antigo prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, originalmente denominada Secretaria das Finanças no século XIX. O espaço é uma iniciativa que se alinha ao propósito da Fundação Vale de fortalecer as identidades culturais regionais e valorizar a cultura, a memória e o patrimônio histórico nos territórios onde a Vale atua.

LEIA MAIS

Comentários