Encerram no final do mês as inscrições para o I Encontro Estadual de Povos e Comunidades Tradicionais

As inscrições para o I Encontro Estadual de Povos e Comunidades Tradicionais de Minas Gerais foram prorrogadas até o dia 30 de setembro para que mais pessoas possam ter acesso ao evento. Promovido pelas secretarias de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda) e de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac), o encontro acontece entre os dias 13 e 15 de outubro.

Atualmente, 17 comunidades e povos tradicionais em Minas Gerais são reconhecidos: apanhadores de flores sempre-viva, artesãos do barro e tecelãs, catingueiros, ciganos, congadeiros, extrativistas, faiscadores, garimpeiros, geraizeros, indígenas, pescadores artesanais, povos de circo, povos tradicionais de matriz africana, quilombolas, ribeirinhos, vazanteiros e veredeiros.

A realização desse encontro é importante para que se possam estabelecer políticas públicas para essas comunidades. Além disso, durante o evento tomarão posse os integrantes da Comissão Estadual para o Desenvolvimento Sustentável dos Povos e Comunidades Tradicionais. Essas práticas estão previstas no Decreto 46.671/2014 e estão em consonância com a Política Estadual para o Desenvolvimento de Comunidades Tradicionais de Minas Gerais.

As inscrições podem ser feitas na sede da Sedpac (Rodovia Prefeito Américo Gianetti, s/nº, Belo Horizonte, Prédio Gerais, 2º Andar, Cidade Administrativa Tancredo Neves, CEP: 31.630-901), das 9h30 às 16h, ou pelos Correios, por meio de AR, com o envio da ficha de inscrição e endereçada à secretaria. Existe, ainda, a possibilidade de a inscrição ser feita por meio do site da Seda. Até o momento o Governo de Minas Gerais recebeu mais de 350 inscrições.

Comentários